Meia Ruy, destaque do Operário no Campeonato Paranaense, vai estrear pelo Coritiba contra o Fortaleza. | Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
Meia Ruy, destaque do Operário no Campeonato Paranaense, vai estrear pelo Coritiba contra o Fortaleza.| Foto: Giuliano Gomes/Gazeta do Povo

Enquanto o Coritiba fazia o último treino para a partida contra o Fortaleza, nesta quarta-feira (13), às 22 horas, no Couto Pereira, uma figura tranquila observava a atividade em um canto do gramado. Todo vestido com o agasalho alviverde, o psicólogo Gilberto Gaertner era a própria indicação da importância que o duelo pela segunda fase da Copa do Brasil tem para marcar uma virada no clube.

Antes do treinamento de terça (12), Marquinhos Santos cobrou forte uma reação do elenco. Gaertner, que vai comandar um departamento de psicologia no Coxa, iniciou seu trabalho exatamente com uma conversa para tentar ajudar o grupo a se recuperar da fase ruim. São quatro derrotas consecutivas –pior sequência de Marquinhos nas duas passagens no Coxa –, incluindo a perda do título estadual para o Operário, reclamações públicas do técnico a jogadores, além do risco de ser eliminado precocemente na Copa do Brasil – como no jogo de ida os cearenses venceram por 2 a 1, o Alviverde precisa de uma vitória simples por 1 a 0 ou por mais gols de diferença; qualquer outra vitória por um gol de diferença não é suficiente.

Gilberto Gaertner foi contratado pelo Coxa.Fernando Rudnick/Gazeta do Povo

Isso sem falar na pressão que a torcida deve exercer no Alto da Glória. “Perder quatro jogos seguidos causa uma pressão inevitável”, admite o atacante Rafhael Lucas.

“Mas nosso grupo é tranquilo, sabemos o quanto temos trabalhado e o quanto temos de qualidade. Sei que vamos fazer uma grande partida e trazer a classificação”, garante o artilheiro do time da temporada, com 14 gols.

“O momento não é bom todo mundo sabe, mas ele muda e quem pode fazer isso somos nós”, emenda o lateral-direito Ivan, que será titular no lugar do suspenso Norberto. “O psicólogo vem para somar, o grupo tem assimilado bem. Seguimos as orientações, mas sempre focados sabendo que amanhã [quarta] tem uma grande pedreira”, completa.

Se fora de campo o Coritiba tem se movimentado, dentro dele também. A equipe, muito provavelmente, terá três novidades contra os cearenses. O zagueiro Leandro Silva, que disputou o Paranaense pelo Jotinha, substitui o machucado Luccas Claro. Já os meias Ruy, ex-Operário, e Thiago Galhardo, ex-Madureira, também treinaram entre os titulares e devem jogar. O próprio clube havia vetado o trio de jogadores na Copa do Brasil na semana passada, mas agora afirma que eles têm condição legal de jogo.

Com dores, o lateral-esquerdo Carlinhos é dúvida e pode ser substituído pelo zagueiro Welinton. O volante Helder também não treinou para resolver problemas jurídicos com seu ex-clube, o Bahia, mas deve jogar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]