Palco de jogo do Brasil na Copa de 1994, Pontiac Silverdome está abandonado. | Reprodução Red Bull/
Palco de jogo do Brasil na Copa de 1994, Pontiac Silverdome está abandonado.| Foto: Reprodução Red Bull/

Antes mesmo da Copa de 2014 havia o temor de que algumas arenas, em especial a Arena Pantanal, Arena da Amazônia e Arena da Dunas, se tornassem elefantes brancos - termos para imóveis de grandes proporções que perdem a utilidade. Exatamente o que ocorreu com o Pontiac Silverdome, palco do empate em 1 a 1 entre Brasil e Suécia na primeira fase da Copa de 1994 ,nos Estados Unidos. O estádio está abandonado e será leiloado nesta quarta-feira (10).

O estádio em Detroit, cuja prefeitura decretou recentemente a falência do município, tem uma história ainda maior para os Estados Unidos. Casa do time de futebol americano Detroit Lions entre 1975 e 2001, recebeu o Super Bowl de 19982, além do All-Star Game da NBA em 1979.

No Mundial em que o Brasil conquistou o tetra no futebol, foi o primeiro estádio coberto a receber jogo de Copa, o que forçou a Fifa a desenvolver uma grama especial para sobreviver com a ausência de sol. Além de Brasil e Suécia, o estádio recebeu outros três jogos em 1994: Estados Unidos 1 x 1 Suíça, Romênia 1 x 4 Suíça e Suécia 3 x 1 Rússia. No campo cultural, o espaço recebeu shows de Elvis Presley, Led Zeppelin e Rolling Stones. Hoje a arena se encontra completamente em ruína.

Nesta quarta-feira (10), peças do estádio, como as cadeiras, serão leiloadas por preços a partir de US$ 5. O que não alcançar esse valor, avisam os organizadores, irá para o lixo.

Desde que o Lions trocou foi para a cidade de Ford Field, o estádio nunca mais foi o mesmo. Em 2008, o investidor canadense Andreas Apostopoulos adquiriu a arena, mas não conseguiu reerguê-la. O último evento no estádio foi em 2011. Em 2013, o proprietário determinou que a cobertura fosse desinflada para cortar custos. Bastou o primeiro inverno em Detroit para a neve e o tempo rigoroso estragarem completamente o campo.

O cenário devastado do estádio serviu para o ciclista de BMX Tyler Fernengel, de 20 anos, gravar um vídeo promocional. O ciclista frequenta o estádio desde criança e foi onde fez suas primeiras apresentações, ainda de criança, mas de moto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]