Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma reunião entre o presidente do Cruzeiro e da Primeira Liga, Gilvan Tavares, e o presidente da Federação de Futebol do Rio (FERJ), Rubens Paiva, indicou pequeno avanço na crise que envolve a entidade carioca, de um lado, e Flamengo e Fluminense, de outro.

Atlético e Coritiba admitem boicotar o Brasileiro em apoio a Flamengo e Fluminense

Leia a matéria completa

Após ter vetada inicialmente a participação dos seus filiados, Paiva admitiu liberar duas datas para que a dupla faça seus jogos, desde que caracterizados como amistosos. Cada equipe precisa tem três compromissos na primeira fase.

A expectativa da organização da Primeira Liga é que esse seja apenas o primeiro passo para um acerto. Paiva, no entanto, afirmou que outras datas não serão autorizadas. Caso desrespeitem a exigência, podem ser penalizados com perda de cota de tevê e proibição de disputar torneios de base.

Diante da oposição da Ferj, na quarta-feira passada os clubes da Primeira Liga, incluindo Atlético e Coritiba, já tinham ameaçado boicotar o Brasileiro caso Flamengo e Fluminense sejam punidos por atuar no interestadual.

A Primeira Liga oficializou ainda a tabela da primeira rodada. No dia 27, quarta-feira, o Atlético enfrenta o Fluminense às 19h30, em Brasília, e o Coritiba joga com o Internacional às 21h45, no Beira-Rio

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]