Entre Messi e Ronaldo, Iniesta é parabenizado pelo presidente da Uefa, Michel Platini | Valery Hache / AFP
Entre Messi e Ronaldo, Iniesta é parabenizado pelo presidente da Uefa, Michel Platini| Foto: Valery Hache / AFP

O espanhol Andrés Iniesta foi eleito nesta quinta-feira (30) o melhor jogador do futebol europeu na temporada 2011/2012. Em cerimônia realizada em Mônaco, o meia do Barcelona conquistou a honraria ao superar na disputa final o argentino Lionel Messi, seu companheiro no clube catalão, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

"Estou feliz. Muito feliz de ganhar este troféu. Sobretudo é um privilégio estar no pódio com estes dois monstros do futebol", disse Iniesta, que dedicou o prêmio aos companheiros. "Compartilho com Leo [Messi], meu parceiro, e outros companheiros de equipe e seleção, pois sem eles o prêmio não faz sentido".

Pesou o desempenho de Iniesta pela seleção espanhola na última temporada. Ele foi um dos líderes e destaques da equipe na conquista do título da última Eurocopa, sendo eleito o melhor jogador da competição disputada na Polônia e na Ucrânia entre junho e julho. Pelo Barça, o meia foi campeão da Copa do Rei na última temporada.

Assim, Iniesta superou Messi e Cristiano Ronaldo, que também tiveram temporadas espetaculares, para ficar pela primeira vez com o prêmio de melhor jogador do futebol europeu. O argentino, que conquistou a honraria na temporada 2010/2011, foi o artilheiro da última edição da Liga dos Campeões, enquanto o português liderou o Real Madrid na conquista do Campeonato Espanhol.

Os três jogadores foram indicados para uma votação final por 53 jornalistas dos países que compõem a Uefa. Nesta quinta, participaram da eleição feita durante a cerimônia do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões 2012/2013. Iniesta bateu Messi e Ronaldo em uma votação eletrônica e seu nome foi gravado no troféu logo depois da escolha.

A Uefa também revelou a classificação dos jogadores fora da escolha final do melhor atleta da temporada. O italiano Andrea Pirlo, da Juventus, ficou na quarta colocação, logo à frente dos espanhóis Xávi Hernandez, do Barcelona, e Iker Casillas, do Real Madrid. O marfinense Didier Drogba, ex-Chelsea, ficou na sétima colocação, à frente do goleiro tcheco Petr Cech, do Chelsea, e do colombiano Falcao Garcia, do Atlético de Madrid, que empataram em oitavo lugar. O alemão Mesut Özil, do Real Madrid, terminou na 10.ª colocação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]