Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Carlos Garcia/Reuters
| Foto: Carlos Garcia/Reuters

O ex-jogador Faustino Asprilla, atacante que brilhou na seleção da Colômbia e defendeu o Palmeiras, fez duras críticas a Neymar em sua participação em um programa de rádio da Espanha. Asprilla ficou incomodado com a performance do atacante brasileiro na derrota para a Colômbia.

“Quando eu jogava futebol, não jogava como o Neymar, que no Barcelona joga sério porque tem Messi, Iniesta, Xavi. E logo que chega à seleção, nos primeiros 45 minutos, não sei quantas ‘canetas’ ele deu, quantos chapéus. Jogou para o público, e quando alguém faz isso para mim é um jogador mentiroso. Ele tinha que ter jogado por suas seleção, respeitar os companheiros e o treinador”, disse Asprilla.

“Se eu sou o Dunga, eu o tiro de campo. Quando ele quis jogar, não conseguiu, porque se encontrou com uma Colômbia séria que venceu bem”, completou.

Para o colombiano, Neymar não deveria tentar dar ‘canetas’ desde o começo do jogo.

“A diferença é que no Barcelona o Xavi e o Iniesta não o deixariam fazer isso. Ontem ele fez o que quis e acabou expulso. A César o que é de César. Faltou um companheiro que o corrigisse”, afirmou.

Para Asprilla, Neymar é um menino e precisa de alguém próximo que o ajude. “Às vezes faz coisas maravilhosas. Mas há vezes em que provoca os rivais. Ontem entrou como se fosse de porcelana. No futebol de hoje, às vezes alguns jogadores são supervalorizados”, explicou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]