i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
dívidas

Conselho do Paraná aprova acordo sobre caso Thiago Neves por unanimidade

  • PorRobson Martins
  • 26/01/2016 19:50
Ninho da Gralha será dado como garantia para o empresário Carlos Werner pelos investimentos no Paraná. | Marcelo Andrade /Gazeta do Povo
Ninho da Gralha será dado como garantia para o empresário Carlos Werner pelos investimentos no Paraná.| Foto: Marcelo Andrade /Gazeta do Povo

Em menos de uma hora na noite dessa terça-feira (26), na sede da Kennedy, o Conselho Deliberativo do Paraná aprovou por unanimidade o acordo com o empresário Léo Rabello, do caso Thiago Neves. Cerca de 45 conselheiros estiveram presentes e a votação foi aberta.

Pelo acordo, será pago R$ 4,5 milhões a empresa Systema, de Rabello, em troca do fim do processo que está na Justiça de R$ 36 milhões. O empresário Carlos Werner emprestaria R$ 2,6 milhões ao clube, que utilizaria R$ 1,4 milhão da verba de televisão de 2016 e R$ 500 mil do valor referente a 2017.

O Conselho também aprovou a negociação com o empresário Renê Bernardi, ex-sócio da empresa BASE e investidor do Ninho da Gralha que cobra na justiça R$ 10 milhões. Pela proposta paranista, que ainda precisa ser aceita pelo empresário, o clube pagaria R$ 5 milhões, sendo que R$ 2 milhões pagos por Werner, e R$ 3 milhões pelo Paraná até 2018.

Graças a esses investimentos e outros feitos nos últimos anos no clube, que já somam R$ 10 milhões, Werner terá o Ninho da Gralha como garantia caso o Tricolor não quite os empréstimos, sem juros.

Na noite dessa sexta-feira o Paraná publicou uma nota oficial sobre o assunto em seu site. Sem dar muitos detalhes, o clube aguardará que os acordos sejam homologados na Justiça para se pronunciar em entrevista coletiva.

Veja a nota oficial do Paraná abaixo:

“O Conselho Deliberativo do Paraná Clube, em reunião realizada nesta terça-feira (26) e de forma unânime referendou decisão anterior do Conselho Consultivo e autorizou o Conselho Gestor a prosseguir com celebração de acordo com as empresas Systema e Base, com o objetivo de por fim às demandas judiciais com as mesmas. O processo, assim, terá o seu seguimento normal e assim que todos os acordos forem homologados pela Justiça, o clube se manifestará através de coletiva de imprensa”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.