Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Rooney comemora o primeiro gol do Manchester United na vitória de 4 a 2 com o Bayer Leverskusen | Phil Noble / Reuters
Rooney comemora o primeiro gol do Manchester United na vitória de 4 a 2 com o Bayer Leverskusen| Foto: Phil Noble / Reuters
  • Brasileiro Alex Teixeira comemora gol do Shakhtar Donetski na vitória sobre o Real Sociedad fora

Dessa vez, o agora aposentado Alex Ferguson estava apenas na torcida. Mas o Manchester United mostrou a mesma força de sempre. Com atuação decisiva da sua poderosa dupla de ataque, formada por Rooney e Van Persie, o time inglês recebeu o Bayer Leverkusen nesta terça-feira, no Estádio Old Trafford, e conseguiu uma vitória de 4 a 2 na estreia na Liga dos Campeões da Europa.

Depois de 28 anos sob o comando de Alex Ferguson, o Manchester United vive agora uma nova realidade, com o técnico David Moyes, que nunca tinha disputado a fase de grupos da Liga dos Campeões. E, apesar de alguns sustos, a estreia do treinador foi com uma boa vitória - sob o olhar atento do seu antecessor, que estava na tribuna do Estádio Old Trafford para torcer.

O grande nome do jogo foi o atacante Wayne Rooney. Mesmo com uma proteção na cabeça, por causa do grande corte na testa que sofreu recentemente, ele marcou duas vezes nesta terça-feira, chegando a 200 gols com a camisa do Manchester United - é o quarto maior artilheiro da história do clube, atrás de Bobby Charlton (249 gols), Denis Law (237 gols) e Jack Rowley (211 gols).

Rooney abriu o placar aos 22 minutos de jogo, num lance em que os jogadores do Bayer Leverkusen reclamaram de falta no goleiro. Ainda no primeiro tempo, o time alemão empatou com Rolfes. Mas o Manchester United marcou três na segunda etapa, com Rooney, Van Persie e Valencia, enquanto Toprak só conseguiu descontar no finalzinho, sem evitar a vitória dos ingleses.

No outro jogo desse Grupo A, o Shakhtar Donetsk foi até a Espanha e derrotou a Real Sociedad por 2 a 0. Para isso, o time ucraniano contou com sua enorme legião brasileira. Dos 11 titulares, cinco eram brasileiros: Fernando, Douglas Costa, Alex Teixeira, Luiz Adriano e Taison - Bernard entrou apenas no segundo tempo. E Alex Teixeira marcou dois belos gols para definir o placar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]