Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A equipe masculina de ginástica artística do Brasil se apresentou nesta segunda-feira na primeira fase qualificatória do Mundial de Stuttgart, na Alemanha. Até o final de seus exercícios, a seleção estava em sétimo lugar. Agora, os brasileiros terão que esperar as apresentações de adversários como Estados Unidos, Romênia e China para saber se estarão entre os 12 primeiros que garantem vaga para Pequim.

Mais uma vez o grande destaque foi Diego Hypolito, que está no 12º lugar geral. A melhor apresentação do ginasta foi no solo, quando tirou 16,050, maior nota da competição até o momento. Com este resultado, Hypolito se classifica para a decisão. Victor Rosa foi o segundo melhor da seleção brasileira, com 15,275, ficando em 17º no geral. Apenas os 24 primeiros classificados estarão na final individual.

Nesta segunda, além do Brasil, Japão, Rússia, Grã-Bretanha, França, Porto Rico, Suécia, China, Bulgária, Latvia, Cazaquistão, Belarus e times mistos se apresentaram. Nesta terça, mais doze equipes participarão do Mundial, como Estados Unidos, Romênia e Canadá.

Diego Hypolito perde mais um rival

Depois que o canadense Kyle Shewfelt quebrou as duas pernas durante um treino e não pôde participar do Mundial de Stuttgart, mais um rival saiu do caminho de Diego Hypolito, nesta segunda-feira. O romeno Marian Dragulescu teve uma lesão nas costas enquanto treinava e não irá competir. O atleta é o atual campeão mundial de solo, já que superou Diego na competição de 2006, em Copenhague, na Dinamarca.

A delegação romena está preocupada com a recuperação do ginasta para as Olimpíadas de 2008. Eles acreditam que isso pode atrapalhar a preparação da equipe para os Jogos de Pequim.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]