A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) confirmou nesta terça-feira (21) a presença de Jade Barbosa na equipe que irá representar o País no Mundial de Roterdã, na Holanda, entre os dias 16 e 24 de outubro. Antes, no dia 2, os ginastas vão viajar para Madri, na Espanha, onde realizarão a etapa final da preparação.

Afastada das competições com participação da seleção brasileira de ginástica artística desde os Jogos Olímpicos de 2008, Jade se desentendeu com a direção da CBG por considerar que competiu em Pequim contundida. O impasse, que também envolveu a sua família, foi resolvido e agora ela voltará a defender o Brasil.

"Estou muito feliz e realizada. Essa dúvida se estaria na seleção ou não ficava rondando a minha cabeça e, depois de resolvido, estou com o pensamento tranquilo, só focada nos treinamentos. Foi um peso que saiu de cima de mim e agora estou muito contente. Já vinha me preparando forte na esperança de estar no Mundial e, agora, a minha expectativa é conseguir competir bem para poder ajudar a seleção brasileira", afirmou.

Além de Jade, Danielle Hypolito, Bruna Leal, Priscila Cobello, Ethiene Franco, Adrian Gomes e Gabriela Soares vão compor a equipe feminina brasileira que participará do Mundial de Ginástica. Já a seleção masculina, que perdeu Diego Hypolito por conta de uma lesão, terá Mosiah Rodrigues, Danilo Nogueira, Péricles Silva, Sergio Sasaki, Petrix Barbosa, Felipe Polato e Francisco Barreto.

Marcos Goto, técnico da seleção masculina, disse que o período em Madri será fundamental para definir os titulares da equipe. "Faremos uma avaliação com a Espanha e com o Chile nesses dias em que estaremos em Madri, onde os sete ginastas serão observados. Sabemos que todos estão prontos para competir, mas temos que escolher os seis que vão disputar o Mundial e quem será o reserva. Vamos ver quem se sobressai", disse.

Já a técnica Viviane Cardoso acredita que a equipe feminina tem condições de conseguir bons resultados no Mundial. "Estamos indo com a melhor equipe que temos no momento e isso nos enche de esperança de que faremos um bom campeonato. A preparação já vem sendo forte desde antes do Pré-Pan e continua agora para o Mundial", comentou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]