Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Com o fracasso no Pré-Olímpico das Américas, em Valdívia, no Chile, as jogadoras da seleção brasileira de basquete feminino cobraram mais incentivo para que o esporte possa voltar a brigar por boas colocações em torneios internacionais.

Para a ala Iziane, um dos destaques da nova geração da seleção, a primeira atitude seria fortalecer as competições nacionais na busca de novos talentos.

- O nível do campeonato aqui é muito fraco. E isso acaba atrapalhando quando saímos para enfrentar adversários de outros países. Faltou apoio para que a gente conquistasse essa vaga – afirma.

A mesma opinião tem a pivô Ísis, que pede uma reforma geral na organização dos torneios no Brasil e na seleção.

- O que nós precisamos é de um pouco mais de estrutura. Falta alguém que realmente queira fazer algo para mudar o basquete no Brasil – diz.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]