Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Uma medida pouco popular foi adotada e derrubada pela diretoria atleticana em questãos de minutos no primeiro jogo do ano na Arena. Alegando questões de segurança, o clube proibiu o acesso de alimentos e bebidas às cadeiras do estádio.

"Esta atitude foi tomada em função das punições que o Atlético Paranaense sofreu pelos atos impensados de torcedores que arremessaram objetos no gramado, causando imensos prejuízos técnicos e financeiros ao clube", justificou o site oficial do Rubro-Negro às 20h18 minutos – o jogo estava marcado para as 20h30.

Inconformados, alguns torcedores protestaram com o coro de "cerveja". Sobraram ainda alguns insultos ao presidente do Conselho Deliberativo do clube, Mário Celso Petraglia.

Ainda no intervalo, a diretoria resolveu recuar e liberar os "comes e bebes". A medida foi anunciada pelo sistema de som e recebida com aplausos e a entrada "triunfal" dos atleticanos com seus copos de cerveja para acompanhar o segundo tempo.

"Assistir a um jogo ruim desse e não poder beber nada é brincadeira. Sem cerveja esse time não desce", comentou o estudante Rogerson Ostroski, de 19 anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]