A briga entre Brasil de Pelotas e Londrina no jogo de volta da semifinal da Série D do Brasileiro será julgada hoje no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A procuradoria denunciou os dois clubes e 25 pessoas, entre jogadores e membros das comissões técnicas. LEC e Brasil terão que responder por não terem prevenido a confusão e por dar continuidade à desordem no estádio. As punições vão de multa a perda de mando de campo. Já as pessoas denunciadas — 13 do Brasil e 12 do Londrina, entre eles os técnicos Claudio Tencati (do LEC) e Rogério Zimmermann (do Brasil) — podem ser afastadas ou suspensas. As denúncias foram baseadas na súmula da partida de 1º de novembro, além de imagens da tevê. O jogo ficou paralisado por mais de 20 minutos no segundo tempo, por causa da confusão após a expulsão de Zimmermann.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]