i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Luto

Morre aos 96 anos um dos ex-jogadores mais antigos de Curitiba

  • 18/11/2020 14:51
Pelé recebe o prêmio Belfort Duarte de Barbosinha
Pelé recebe o prêmio Belfort Duarte de Barbosinha| Foto: Gabriel Sawaf

João Maria Barbosa, o Barbosinha, morreu nesta quarta-feira (18) em Curitiba aos 96 anos. Ex-meia da década de 40 e 50, Barbosa jogou pelos extintos Ferroviário e Água Verde (clubes que deram origem ao Paraná Clube). Ele também foi treinador nos anos 60 e depois trabalhou muitos anos no museu do Tricolor.

Barbosinha se recuperou recentemente de Covid-19 e deixou o hospital no dia 30 de outubro. Porém, o ex-jogador ficou com sequelas no pulmão e não resistiu.

O corpo será velado na Capela 2 do cemitério do Água Verde, nesta quinta-feira (19), das 9h às 13h.

Nascido em Lapa, Barbosinha jogou pelo Ferroviário entre 1944 e 1948. De lá, recebeu proposta do Água Verde, do então presidente Orestes Thá. Foram 12 anos no clube. Barbosinha assistiu aos jogos da Copa do Mundo de 1950 e chegou a trabalhar em obras de construção pela Rede Ferroviária.

Após pendurar as chuteiras, treinou alguns clubes, mas não deu sequência na carreira. Já aposentado trabalhou por mais de duas décadas na  Sala de Preservação e Memória do Paraná Clube, na sede social da Kennedy.

No aniversário de 80 anos de Pelé, a Gazeta do Povo publicou uma matéria especial sobre o encontro de Barbosinha com o Rei do Futebol.

Barbosinha é uma figura histórica do Paraná Clube
Barbosinha é uma figura histórica do Paraná Clube

O maior orgulho de Barbosinha como atleta era o Prêmio Belfort Duarte, honraria de fair play concedida pela CBD (antiga CBF) aos jogadores que ficassem pelo menos 200 jogos ao longo de dez anos sem sofrer nenhuma expulsão. Seu sonho era entregar a honraria para Pelé, o que foi feito há exatos quatro anos.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    Munir Guerios filho

    18/11/2020 20:08:16

    Barbosinha, exemplo de ser humano!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcos Braga

      18/11/2020 19:57:34

      Bons tempos Erik , futebol de verdade e sem um decimo de toda a estrutura de hoje. Os cabeças de bagre daquela época , hoje jogariam em qualquer um dos 3 da Capital . Os salários eram apenas uma espécie de ajuda de custo. Hoje virou um comercio sem nenhum escrúpulo. Vai com Deus Barbosinha !

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • E

        Erik Koubik

        18/11/2020 19:13:53

        Na verdade, os calções negros e meias cinzas do Coritiba. Timaço.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • E

          Erik Koubik

          18/11/2020 18:51:53

          Lembro quando menino a "guerra de torcidas" que se fazia quando acontecia um clássico. Bandeiras coloridas, as torcidas não tão violentas como as de hoje e aquele clima. A expectativa. Não tinha time ruim. O Água Verde de Alex e cia, o Coritiba, com aqueles cações brancos e meias cinzas. O Ferroviário, que timaço. O Atlético impressionante. Os times do interior eram tão bons que cediam jogadores a vários times e sobrava craque. Isto tudo depois de Barbosinha. Que Deus o tenha e conforte sua família.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          Fim dos comentários.