O Nacional-URU estreou com vitória na Libertadores. Em um jogo bem movimentado, especialmente no segundo tempo, o time de Montevidéu venceu o Deportivo Cuenca por 3 a 2 no estádio Parque Central.

Empurrado pelo Parque Central lotado, o Nacional foi para cima desde o início e dominou quase todo o primeiro tempo. No entanto, na única jogada que teve mais liberdade, o Cuenca abriu o placar, aos 24. Depois da boa troca de passes, Guerrón cruzou e Granda, livre na área, bateu para marcar.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo Regueiro subiu com espaço na cobrança de escanteio e cabeceou forte para empatar. Com o 1 a 1, o jogo ficou mais aberto, mas Mario Regueiro voltou a aparecer bem aos 19. O atacante aproveitou sobra depois da cabeçada de Gonzalez e empurrou para o gol.

A comemoração, porém, não durou muito. Aos 22 minutos, depois da cobrança de falta de Garcia, a bola bateu no travessão e, no rebote, Escalada, ex-atacante do Botafogo, cabeceou para o gol vazio. O Nacional foi para cima e, aos 39, conseguiu a vitória. Coates sofreu pênalti e, na cobrança, Angel Morales bateu com categoria para fazer o terceiro dos mandantes.

O Deportivo Cuenca volta a jogar na madrugada de quarta para quinta-feira (0h30m), contra o Banfield, no Equador. O Nacional entra em campo apenas na madrugada do dia 23 para o dia 24 (0h10m), contra o Morelia, no México.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]