A reabilitação do jogador de futebol paraguaio Salvador Cabañas na Argentina foi interrompida por causa de problemas administrativos e econômicos a serem resolvidos pelo clube mexicano América, disse José María González, representante do jogador.

Cabañas, goleador da seleção de seu país, levou um tiro na cabeça em 25 de janeiro quando estava em um bar na Cidade do México e, apesar de ter sobrevivido ao atentado, os médicos estimam que sua recuperação neurológica levará anos.

"Estamos com uma pequena dificuldade com o hospital e com o clube América porque há problemas administrativos, não fizeram o pagamento e não podemos retomar a reabilitação", disse González em entrevista publicada na terça-feira pelo jornal esportivo Récord.

"Acreditávamos que estava tudo solucionado, mas recebi um email em que se menciona, porém, que não, então ele segue esperando em um hotel", acrescentou.

Após permanecer vários dias em um hospital na Cidade do México, Cabañas foi levado a Buenos Aires para continuar a reabilitação num centro especializado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]