i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Copa 2014

Paraná Clube apresenta Vila Olímpica como “saída” estadual

Diretoria tricolor se reunirá com a FPF para mostrar proposta, mas presidente Moura veta a possibilidade

  • PorThiago de Araújo - Gazeta do Povo Online
  • 16/05/2007 16:50

O impasse a respeito do possível estádio no Paraná que seria a sede estadual, caso a Copa do Mundo de 2014 seja sediada no Brasil, pode ganhar um novo capítulo nesta quinta-feira (17). O presidente do Paraná Clube, José Carlos de Miranda, confirmou a informação de que o Estádio Érton Coelho de Queiroz, a Vila Olímpica, que fica no bairro Boqueirão, em Curitiba, será sugerido como uma "saída" para ser sede da Copa.

A possibilidade foi ventilada em uma reunião da diretoria paranista na tarde desta quarta-feira (16), na sede da Kennedy. "Hoje tivemos uma reunião e o nosso superintendente (Ricardo Machado Lima) nos mostrou o projeto original da Vila Olímpica, que era para 40 mil lugares, mas na época o Pinheiros vetou a construção de parte do primeiro anel, já que o clube não possuía uma torcida de massa. Com a construção dessa área e de um segundo anel, chegaríamos na meta mínima de 40 mil lugares prevista pela Fifa, e o espaço ao redor do estádio possui muitas áreas para construção, de estacionamentos, por exemplo. Além disso, as vias nos arredores também não seriam problema para chegar ao estádio", revelou Miranda à Gazeta do Povo Online.

Ainda de acordo com o presidente paranista, a possibilidade da Vila Olímpica ser sede da Copa no estado é uma hipótese a ser sugerida, e o Tricolor não pretende brigar por uma possível indicação. "Acho que é viável, mas é a apenas uma sugestão nossa. Ainda tenho que passar isso pela conselho deliberativo do clube para ter algum fundamento, mas levarei essa idéia ao presidente (Onaireves) Moura (da Federação Paranaense de Futebol) amanhã (quinta-feira)", completou.

Moura veta candidatura paranista

De fato, a idéia partiu do fato que o projeto do Novo Pinheirão ainda apresenta alguma resistência de determinados setores, tanto desportivos quanto políticos no estado. Mas segundo o presidente da FPF, não existe qualquer possibilidade do estado do Paraná receber a Copa de 2014 em outro lugar que não seja o Pinheirão. "Nós e o governo estadual já estamos trabalhando para preencher o caderno de encargo da Fifa para uma Copa do Mundo. Neste momento não vejo possibilidade de uma nova praça se candidatar", assegurou Onaireves Moura.

Em tese, o governador Roberto Requião e o presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomyde, responsável por dirigir as negociações em torno do assunto, teriam até o dia 31 deste mês para indicar o estádio paranaense na disputa pela Copa. E o estágio avançado de estudos relativos ao Pinheirão deixam o estádio da FPF sem concorrentes. Uma indicação prévia já acelerou o tramite do processo de indicação do local. "Estivemos reunidos com a secretaria de turismo de Curitiba para viabilizar os últimos detalhes, também estamos produzindo uma vídeo não só com imagens do Pinheirão e arredores, mas também com os demais estádios da cidade e centros de treinamento dos clubes. Tudo isso vai contar para que sejamos indicados como uma das sedes", assegurou Moura.

Apesar de rechaçar as chances da Vila Olímpica, o presidente da FPF também elogiou a iniciativa paranista. "Fico feliz com o interesse do Paraná Clube em participar deste processo. Essa proposta pode vir a ser estudada no futuro, já que teremos que dar condições para que as seleções treinem aqui em Curitiba, e novos estádios para esse fim não estão descartados", concluiu.

Procurado pela reportagem para comentar o assunto, representando o governo do estado, Ricardo Gomyde não foi encontrado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.