Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Técnico do Paraná, Cristian de Souza, no último treino antes da viagem para Londrina. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Técnico do Paraná, Cristian de Souza, no último treino antes da viagem para Londrina.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Em 11º lugar na Série B, com cinco pontos em quatro jogos, o Paraná enfrenta o Londrina nesta terça-feira (6), às 20h30, no Estádio do Café, em busca de uma ascensão na classificação (veja a ficha técnica do jogo). Para isto ocorrer, será necessário a equipe paranista apresentar a mesma qualidade e a vontade demonstrada nos jogos da Copa do Brasil, o que chegou a levar cerca de 20 mil torcedores para o Couto Pereira no jogo contra o Galo.

Paraná e Londrina rivais. Posto de terceira força do estado está em jogo? Veja top 5

Leia a matéria completa

TABELA: veja a classificação e jogos da Série B

Paraná sofre para vender sede social e vizinhos reclamam de abandono

Leia a matéria completa

O próprio técnico do Tricolor, Cristian de Souza, admitiu que tinha um temor de que essa vontade apresentada no mata-mata não fosse transferida para um campeonato longo como a Segundona. Porém, segundo ele, este medo desapareceu logo na reapresentação do elenco após o jogo em Belo Horizonte contra o Atlético-MG.

LEIA: Paraná vende para empresário jogo contra o Guarani

“A minha preocupação logo após a desclassificação da Copa do Brasil era que estes jogadores tivessem esse sangue nos olhos que eu vi aqui assim que cheguei. Mas logo na reapresentação eu vi que não vai ser um problema. Vi o pessoal focado”, conta o treinador.

O comandante paranista admitiu que internamente o Parará tem uma meta de pontos para conquistar em um determinado número de jogos e, apesar de não revelar qual é esta pontuação, contou que é importante conseguir um bom resultado em Londrina para alcançar esta meta.

“Vejo um jogo difícil. O adversário, que é muito competitivo, tem uma identidade há muito tempo de como jogar futebol. Lá a gente sabe que é um confronto mais encrencado ainda”, admite.

“Nós vamos fortes também, motivados, voltando realmente a focar na Série B. E vamos para lá para buscar pontos, para voltar a estar entre os primeiros”, resumiu Cristian de Souza. O Tricolor começa a quinta rodada com apenas dois pontos a menos que o Ceará, quarto colocado.

Ficha Técnica

Londrina: César; Lucas Ramon, Sílvio, Matheus e Ayrton; Germano, Jardel, Thiago Lopes e Marcinho; Artur e Jonatas Belusso. Técnico: Claudio Tencati.

Paraná: Richard; Cristovam, Rayan (Wallace), Eduardo Brock e Assis; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Matheus Carvalho e Minho; Robson e Daniel Morais (Felipe Alves). Técnico: Cristian de Souza

Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC/Fifa)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP/Fifa) e Marcelo C. Van Gasse (SP/Fifa)

TV: Premiere

Fique de Olho

Albari Rosa/gazeta do povo

Robson: Após 11 jogos na temporada pelo Tricolor, o atacante já fez duas assistências, mas ainda não marcou gols nesta segunda passagem pelo clube. Um melhor desempenho do jogador é importante para o Paraná conseguir uma vitória contra o Londrina. Vale a pena ficar de olho também na estreia do goleiro Richard.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]