i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Série B

Paulo Baier espera acesso e renovação de contrato

Vínculo do meia com o Atlético termina no final deste ano e a volta para a Primeira Divisão pode definir futuro do jogador no Furacão

  • PorGustavo Ribeiro
  • 14/11/2012 14:05
Paulo Baier quer jogar a Série A pelo Atlético em 2013 | Hugo Harada / Gazeta do Povo
Paulo Baier quer jogar a Série A pelo Atlético em 2013| Foto: Hugo Harada / Gazeta do Povo

Apesar de ser usado basicamente como uma opção para o segundo tempo, o meia Paulo Baier tem ajudado bastante na campanha do Atlético rumo à Primeira Divisão. Com 38 anos, ele não pretende encerrar a carreira no fim deste ano e já demonstrou o desejo de permanecer para jogar novamente a elite, em 2013. Por isso, o jogo de sábado (17) contra o Criciúma, às 16h20, no Estádio Heriberto Hülse, é fundamental não só para o Furacão, mas especialmente para o jogador.

A promoção à Série A seria um argumento de Baier para negociar a permanência no Rubro-Negro por mais uma temporada, já que o contrato dele vence em dezembro deste ano. Apesar disso, ele ainda prefere deixar esse assunto de lado. O que importa, por enquanto, é o acesso.

"Ninguém me procurou ainda. Estou concentrado na reta final e é até bom deixar isso de lado. Quando subirmos, com certeza o presidente [Mario Celso Petraglia] vai saber lidar com a situação", comentou o atleta.

Por ora o pensamento dele está somente no confronto com o Tigre, exatamente o clube que o projetou para o futebol nacional, ainda como um lateral-direito, em 1997 e 1998. Voltou a defender o time catarinense em 2002 e 2003. Por isso, é um embate especial para o atleta.

"Fiquei vários anos lá, um período muito feliz. Mas estou no Atlético e, com trabalho e seriedade, podemos ir lá, vencer e comemorar o acesso em casa contra o Paraná", completou.

Nesta Série B, o meia esteve em 24 partidas, sendo que na metade entrou durante a segunda etapa. Mantendo a fama de "garçom", deu seis assistências para gol e ainda marcou oito vezes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.