i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
acidente

COB explica que seguro não cobria treino de Laís Souza

Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro, apólice da saltadora era apenas para quando se classificasse aos Jogos de Inverno

  • Poragência estado
  • 17/03/2014 19:53
Lais Souza precisará de vaquinha para continuar tratamento | Jackson Health System
Lais Souza precisará de vaquinha para continuar tratamento| Foto: Jackson Health System

Alvo de de críticas por não suprir ao apoio necessário para a continuidade do tratamento de Lais Souza, que teve que recorrer a uma campanha virtual para financiar o restante da recuperação de um acidente sofrido enquanto treinava para ir à Olimpíada de Inverno, o Cômite Olímpico Brasileiro (COB) se pronunciou por meio de nota oficial no fim da tarde desta segunda-feira. A entidade explicou que o seguro não dava cobertura para os treinos da atleta.

"Na data do acidente, a Lais não participava de nenhuma delegação do COB ou de qualquer prova eliminatória ou classificatória para os Jogos Olímpicos. O seguro de vida ou invalidez contratado pelo COB cobre apenas os atletas em missões como os Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno, os Jogos Olímpicos da Juventude, os Jogos Pan-americanos e os Jogos Sul-Americanos", apontou a entidade.

O COB é patrocinado pela Bradesco Seguros responsável pelas apólices dos atletas brasileiros.

O comitê, porém, se justifica. Diz que "assumiu todas as ações desde o momento do acidente da Lais". Segundo o órgão, "até este momento" Lais Souza está coberta pelo seguro contratado pelo COB e a CBDN. "A apólice de seguro do COB e da CBDN garante toda a emergência, o transporte entre os hospitais e o tratamento hospitalar da Laís".

Ainda de acordo com o comunicado do COB, a campanha virtual vai ajudar a "custear parte de uma bolsa de estudo em uma Universidade no Brasil, conseguir um coaching para prepará-la para dar palestras sobre suas experiências, até criar uma Fundação ou Instituto para a Lais. Da mesma forma, a campanha visa a compra de equipamentos para a mobilidade e o conforto da Lais, itens não previstos na cobertura dos seguros contratados pelo COB."

"Por fim, o tratamento da Lais continua e segue a esperança de vê-la nas melhores condições possíveis. Porém, o COB está pensando no futuro da atleta. O objetivo é garantir a continuidade e a qualidade de seu processo de recuperação, para que ela possa ter independência financeira no futuro, com conforto e mobilidade", explica a entidade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.