A organização da etapa do Rio do Mundial de surfe decidiu nesta quarta-feira (13) adiar o terceiro dia de disputa, quando seriam realizadas as baterias da repescagem tanto da competição masculina como da feminina. Uma nova chamada será feita nesta quinta (14), às 7 h (de Brasília).

Antes do anúncio do adiamento, o público compareceu em bom número à praia da Barra da Tijuca, no Rio, na esperança de poder acompanhar as baterias. “Vim cedo para garantir o melhor lugar”, disse a estudante Silvana Fontana, 21, que, segundo ela, chegou à praia às 7h.

Ela chegou pouco tempo depois de Gabriel Medina cair no mar para treinar. O surfista praticou surfe por mais de uma hora. Como se classificou automaticamente para a terceira rodada após vencer na estreia, o paulista não participaria do torneio nesta quarta mesmo se tivesse campeonato.

E depois que o surfista saiu do mar e foi direto para o apartamento onde está hospedado, até o padrasto e treinador de Medina, Charles, virou celebridade em meio ao público presente na Barra. Com as pranchas do atleta nas mãos, foi parado na areia e tirou fotos com várias pessoas.

“Eu ainda não tenho foto com o Medina, então, por enquanto, me contento com o pai dele”, disse a estudante Fabiana Dantas, 20.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]