Após fazer história ao jogar o torneio de simples feminino do Aberto da Austrália, o que não ocorria com uma tenista do país desde 1993, Teliana Pereira estreou nesta sexta-feira na chave de duplas em Melbourne. Jogando ao lado da búlgara Aleksandrina Naydenova, ela foi derrotada pela francesa Kristina Mladenovic e pela italiana Flavia Pennetta por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2.

Teliana acabou entrando de última hora na chave de duplas na Austrália. Ela e Naydenova herdaram a vaga aberta pelas irmãs norte-americanas Serena e Venus Williams, que desistiram desta disputa. Venus alegou uma lesão na perna esquerda para não atuar.

Cabeças de chave número 12 da competição, Mladenovic e Pennetta aproveitaram cinco de sete chances de quebrar o saque das adversárias e confirmaram todos os seus serviços para encaminhar rapidamente o triunfo. Assim, a francesa e a italiana enfrentarão na próxima fase as norte-americanas Alison Riske e Madison Keys, que na estreia bateram a japonesa Miki Miyamamura e a chinesa Xinyun Han por 6/2 e 7/5.

Marcelo Melo

Atuando ao lado do croata Ivan Dodig, o brasileiro Marcelo Melo estreou com vitória no torneio de duplas masculinas do Aberto da Austrália, nesta sexta-feira, em Melbourne. Cabeças de chave número 4 do Grand Slam, eles sofreram um pouco, mas bateram os australianos Chris Guccione e Thanasi Kokkinakis por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/5).

Com a vitória, Melo e Dodig se credenciaram para enfrentar na segunda rodada os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, que na última quinta-feira estrearam nas duplas derrotando os norte-americanos Ryan Harrison e Sam Querrey por 6/2 e 7/5.

No jogo desta sexta, Melo e Dodig confirmaram todos os seus saques no primeiro set e, com um break point convertido em sete oportunidades, abriram a vantagem inicial de 7/5. Já na segunda parcial, cada dupla obteve uma quebra e a disputa acabou indo ao tie-break, no qual o brasileiro e o croata foram um pouco melhores para fazer 7/5 e liquidar a partida.

Na semana passada, Melo foi campeão do Torneio de Auckland jogando ao lado do austríaco Julian Knowle. Eles bateram na final o brasileiro Bruno Soares e o também austríaco Alexander Peya na decisão. Em Melbourne, porém, o retrospecto de Melo não é bom. Essa foi apenas a segunda vez que ele passou da estreia nas duplas, depois de ter ido à segunda rodada também em 2009, antes de cair no seu jogo inicial nas últimas quatro edições do primeiro Grand Slam da temporada. O mesmo ocorreu em 2008.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]