Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Não foi aquele espetáculo que a torcida esperava, mas deu para o gasto. Com o preço do ingresso pela metade, o torcedor até que compareceu em bom número, porque se for depender dos resultados dos últimos jogos do Rubro-Negro, seria difícil ter coragem de ir à Baixada. Mas como nossa torcida é a mais fanática do estado, fez a sua parte. E com a vitória magra por 1 a 0, saímos da ZR. E o que é melhor, com esses três pontinhos deixamos o Rubro-Negro carioca no lugar que merecem. Mas como foi sofrido meu Deus. No segundo-tempo só conseguimos dar um chute no gol do Galo. Sinceramente, não entendo como o Ney Franco não deixa o Claiton no banco. Já o Valencia, como sempre, um guerreiro em campo, o melhor da partida. Só saiu por contusão.

Agora vou tripudiar. E o timinho do puxadinho todo remendado tomou uma sonora surra dos bambis. Que feio! Até lembrou os nossos jogos lá na Vila, na base do três vira e seis ganha. Que humilhação! Como o meu amigo Márcio falou na coluna passada: que peninha!, que peninha!

Um salve pra nação rubro-negra.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]