O queniano Kiprono Mutai, de 22 anos, morreu na madrugada do último sábado em um acidente de carro durante a viagem que fazia entre as cidades de Eldoret e Kapsait, em seu país. Segundo o site O2 Por Minuto, Mutai participaria de um tradicional encontro familiar.

Campeão da Meia Maratona de São Paulo, vice-campeão da Meia do Rio e terceiro colocado na São Silvestre, Mutai era um dos principais corredores de rua do mundo.

Ele trabalhava com técnicos brasileiros Luiz Antonio dos Santos e Jorge Luiz da Silva, e era conhecido como Mãozinha por causa de uma deficiência física.

Mutai tinha como ídolo o corredor brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]