Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Como parte das comemorações do 67.º GP Paraná, marcado para domingo, as pistas do Jockey Club estarão movimentadas de hoje até o fim de semana | Aniele Nascimento/ Gazeta do Povo
Como parte das comemorações do 67.º GP Paraná, marcado para domingo, as pistas do Jockey Club estarão movimentadas de hoje até o fim de semana| Foto: Aniele Nascimento/ Gazeta do Povo

Uma das provas mais tradicionais do turfe, o Grande Prêmio Paraná chega à 67.ª edição neste domingo, mas as atividades já começam na tarde de hoje. Como parte da programação, o Jockey Club do Paraná promove a partir de 17h15 uma sequência de 10 páreos. Um a menos do que no dia de gala, quando as disputas terão início bem antes, às 14 horas.

A prova principal, o GP Paraná, está marcada para as 18 horas, e reúne os melhores jóqueis e cavalos de corrida do país na briga pelos R$ 30 mil destinados ao primeiro a cruzar a linha de chegada. No total, serão distribuídos R$ 82,9 mil em prêmios. A organização do evento espera cerca de 10 mil pessoas nas arquibancadas.

Dos 14 conjuntos no páreo, o cavalo Mr. Nedawi aparece como forte candidato ao estrelato. Ele será montado por Francisco Lean­­dro, de São Paulo. "É a segunda vez que disputo essa prova, a primeira vez com o Mr. Nedawi, mas acho que temos grandes condições de sermos vitoriosos", atesta o jóquei.

O conjunto, formado em fevereiro de 2009, já ganhou três provas neste ano. "É um animal que corre entre os cinco primeiros durante boa parte do trajeto e atropela na reta final", conta Leandro, mostrando o que aguarda do cavalo nos 2,4 km de percurso do GP Paraná.

"Metade dos cavalos chega a Curitiba depois de ter vencido provas fortes no Rio e São Paulo. Te­­remos um nível técnico bastante alto", diz o membro da crônica do Jockey Club do Paraná, Victor Correia. Ele aponta outro conjunto paulista como forte concorrente. "O cavalo Pode Ir não tem uma campanha extensa, mas venceu de ponta a ponta a prova preparatória para o GP Paraná. E vem com o jóquei mais leve, o que faz muita diferença".

O cavaleiro em questão é Wal­­domiro Blandi, 52 kg, vencedor do páreo em 2008, com Tango, que não correrá no domingo. Outra ausência será o conjunto paranaense formado pelo jóquei José Aparecido e o cavalo Uno Cam­­pione, outro que surgia como favorito ao título. O animal adoeceu e não disputa o GP.

O narrador oficial da prova, Gerson Borges de Macedo, destaca ainda Diorísssimo Dior. "É um cavalo paranaense que tem vencido e chega com boas chances", aposta. A tendência é uma prova mais veloz do que a do ano passado. "O melhor que o jóquei pode fazer é não atrapalhar a montaria e demonstrar tranquilidade. Boa parte dos competidores vem em ‘trem’ (ritmo) bastante forte", explica Correia.

* * * * *

Serviço

67ª edição do Grande Prêmio Paraná. Hoje: 515ª Reunião, com 10 páreos a partir das das 17h15. Amanhã: Páreo Balada, à 1h30. Domingo: GP Paraná, com 11 páreos, a partir das 14 h. A prova principal está prevista para as 18 h. A entrada e estacionamento são gratuitos. Para os turfistas que queiram passar o dia todo no Hipódromo do Tarumã, haverá uma área vip com Open Bar e Open Food. Ingressos: R$ 100 (masculino) e R$ 50 (feminino); podem ser adquiridos pelo telefone (41) 3042-6262, no serviço pelo Alô Ingressos. Sócios do Jockey Club pagam R$ 70 (masculino) e R$ 30 (feminino). Local: Jockey Club do Paraná (Av. Victor Ferreira do Amaral, 2291 – Tarumã).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]