i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Garantias

Sérgio Cabral garante pacificação de todas comunidades do Rio até 2014

Governador diz que segurança antes, durante e depois dos Jogos Olímpicos de 2016 é um compromisso dele com o Comitê Olímpico Internacional

  • 29/11/2010 14:45

Um dia após a histórica tomada de território do Complexo do Alemão (leia mais em Vida e Cidadania) pelo estado do Rio de Janeiro, o tema segurança pública acabou ganhando destaque no segundo seminário "Rio Cidade Sede". Os temas pautados para o evento realizado neste segunda-feira, em Copacabana, eram "Mobilidade Urbana" e "Turismo e Infraestrutura Hoteleira", mas os palestrantes fizeram questão de deixar seus depoimentos sobre as últimas ações do governo contra o poder paralelo. O governador Sérgio Cabral voltou a garantir que a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 serão realizadas em paz, com todas as comunidades do estado já pacificadas.

"Eu sempre disse aos membros do Comitê Olímpico Internacional que nós não temos só o compromisso de fazer um evento olímpico e paraolímpico e dar paz aos milhares de visitantes. Nós queremos dar um legado de segurança antes, durante e depois. E eu me comprometi na campanha eleitoral a recuperar todos os territórios ocupados pelo poder paralelo. Eu tenho certeza absoluta que vou cumprir esse compromisso até 2014", disse Sérgio Cabral, que foi muito aplaudido durante o evento promovido pelo jornal "O Globo".

O presidente da Associação Brasileira de Indústria de Hotéis (ABHI), Álvaro Brito, foi um dos palestrantes que mostrou mais otimismo com as ações do governo estadual. A segurança pública era uma das maiores preocupações do setor para a realização dos grandes eventos esportivos na cidade.

"Para mim, o nosso maior problema é com a segurança. E o governo do estado está dando uma resposta bonita. Foi um negócio fantástico. Mas eu diria que essa é a primeira etapa", afirmou.

Diretor de logística de Atenas-2004 faz alerta sobre gastos

Com a presença do diretor de logística das Olimpíadas de Atenas 2004, Evangelos Angeletopoulos, o seminário também teve como objetivo proporcionar uma interação entre as duas cidades sedes. O grego ressaltou a importância da atenção com os gastos, que costumam "ser o dobro do previsto". Outro ponto destacado é que cada cidade tem suas próprias necessidades e dificuldades e, portanto, pouca coisa pode ser aproveitada das edições anteriores da competição.

"A transferência de conhecimento não é maior do que 40%. Normalmente, o comitê organizador recebe muitos dados e a maioria deles é porcaria", disse Evangelos.

O governador Sérgio Cabral elogiou o trabalho feito pelos gregos, mas deixou claro que não será o principal exemplo seguido pelo Rio de Janeiro.

"Eu estive lá alguns dias e tive a oportunidade de verificar os benefícios que a cidade teve. Mas, com todo o respeito a Atenas, nós temos outras cidades também como referências de conquistas a partir dos Jogos Olímpicos, como Barcelona", afirmou o governador.

Situação dos aeroportos do Rio de Janeiro preocupa

A situação dos aeroportos do Rio de Janeiro, principalmente do Galeão, também foi um assunto bastante discutido nesta segunda-feira. Dois palestrantes criticaram suas condições. O presidente da ABIH, Álvaro Brito, disse que tratam-se de "rodoviárias", enquanto o consultor em infraestrutura aeroportuária José Wilson Massa criticou seus acessos. O governador Sérgio Cabral também reconheceu que será um grande desafio transformar o "precário aeroporto em um condizente com o calendário do Rio".

"As obras de revitalização do Galeão foram iniciadas em 2008 e eu entendo que elas ficarão a tempo não só das Olimpíadas como da Copa. Agora, em termos de acesso, o Galeão preocupa", disse José Wilson Massa, consultor em infraestrutura aeroportuária. Como alternativa, ele sugeriu a criação de uma ligação marítima pela Baía de Guanabara.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.