Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Sobe

Atlético

A apertada vitória por 1 a 0 sobre o xará mineiro tirou o Furacão da perigosa zona de rebaixamento. O lugar passou a ser ocupado pelo Flamengo.

São Paulo

Cada vez mais perto do quinto título brasileiro, o Tricolor paulista não tomou conhecimento do Paraná. Se a equipe já era conhecida pela defesa quase intransponível, a goleada por 6 a 0 reafirmou o poderio do ataque.

Jade Barbosa

A ginasta não se intimidou com a pressão e colocou o Brasil na final do Mundial da Alemanha e na Olimpíada de Pequim, no ano que vem.

Desce

Violência

Em Curitiba, os jogadores do Paraná foram "recepcionados" no Aeroporto Afonso Pena pela organizada Fúria Independente. Na capital paulista as torcidas de Corinthians e São Paulo partiram para a briga.

Marcos

Pentacampeão do mundo com a seleção brasileira, o goleiro do Palmeiras faz hoje um jogo-treino contra o time sub-20 do Alviverde. Se voltar a sentir a contusão no braço esquerdo, fraturado em março, o camisa 1 corre o risco de só voltar a jogar em 2008.

Defesa paranista

Toninho, Daniel Marques e Neguete deixaram os são-paulinos deitarem e rolarem na goleada de sábado.

O craque

Souza - 9

O ala fez um gol e participou das principais jogadas de ataque do forte time do São Paulo na goleada por 6 a 0 sobre o Paraná. Não tomou conhecimento do estreante Elvis.

O perna-de-pau

Hugo - 1

O meia são-paulino ficou apenas 12 minutos em campo. Entrou aos 32 do segundo tempo e aos 44 foi mais cedo para o chuveiro por ter cuspido no rosto do volante Goiano após uma pequena confusão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]