Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Demonstrar amor à camisa e von­­tade absurda de representar o seu país são pré-requisitos im­­­­portantes para defender a se­­leção brasileira masculina de bas­­quete. Pelo menos sob o co­­mando do novo treinador, o ar­­gen­­tino Rubén Magnano, campeão olímpico em Ate­­nas/2004 e vice mundial em In­­dianá­­po­­lis/2002. O técnico viaja ama­­nhã para os EUA, a fim de con­­ver­­sar com os astros brasileiros da NBA e passar esse recado. "O no­­me da seleção tem de estar aci­­ma do próprio nome. Espero en­­contrar um ‘sim’ nos EUA", afirmou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]