i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Acusação

Terry será julgado por caso de racismo após a Eurocopa

Anton, irmão de Rio Ferdinand, acusou Terry de ter proferido ofensas racistas durante a partida entre Queens Park Rangers e Chelsea

  • PorAgência Estado
  • 01/02/2012 13:04
Caso de racismo envolvendo o zagueiro John Terry será avaliado apenas em julho | AFP
Caso de racismo envolvendo o zagueiro John Terry será avaliado apenas em julho| Foto: AFP

Acusado de racismo pelo jogador Anton Ferdinand, o zagueiro John Terry não terá que enfrentar o julgamento até depois da disputa da Eurocopa deste ano. Nesta quarta-feira, aconteceu a primeira audiência, sem a presença do atleta do Chelsea, e nela foi decidido o adiamento do caso para a semana do dia 9 de julho.

Anton, irmão de Rio Ferdinand, acusou Terry de ter proferido ofensas racistas durante a partida entre Queens Park Rangers e Chelsea, em outubro do ano passado. Caso seja condenado, o zagueiro de 31 anos pode ter que pagar uma multa de até 2.500 libras (quase R$ 7 mil).

A primeira parte do julgamento ocorreu nesta quarta, na Corte de Westminster, em Londres. Terry não compareceu, mas seu representante, George Carter-Stephenson, apresentou sua defesa, alegando inocência. Desta forma, foi definido que a sequência da acusação acontecerá apenas no meio do ano, após a Eurocopa - que acontece de 8 de junho a 1º de julho -, da qual o jogador deve participar defendendo a seleção inglesa.

"O senhor Terry está ansioso pela oportunidade de limpar seu nome", afirmou Carter-Stephenson, em comunicado. "O senhor Terry ficou chocado e revoltado com as acusações na época. O senhor Terry nega ter feito qualquer comentário racista e vai afirmar na corte que não é culpado de qualquer ofensa. O senhor Terry nunca abusou racialmente de nenhum jogador na carreira", completou.

Em dezembro do ano passado, a procuradoria de Londres decidiu indiciar o atleta por ofensa racista em público, após analisar imagens da partida. Se for considerado culpado, o zagueiro não deve ter grandes prejuízos financeiros, já que especula-se que ele ganhe mais de R$ 1,5 milhão por mês.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.