Anderson Aquino comemora o gol do Paraná que deu a vitória sobre o Duque de Caxias | Pedro Serápio / Agência de Notícias Gazeta do Povo
Anderson Aquino comemora o gol do Paraná que deu a vitória sobre o Duque de Caxias| Foto: Pedro Serápio / Agência de Notícias Gazeta do Povo

FICHA TÉCNICA - Principais lances de Paraná 1 x 0 Duque de Caxias

CLASSIFICAÇÃO - Confira como está a tabela da Série B

PRÓXIMOS JOGOS - Confira as próximas partidas da Série B

O Paraná bateu o Duque de Caxias por 1 a 0, na noite desta terça-feira (21), na Vila Capanema, pela 23ª rodada da Série B. Anderson Aquino fez o único gol da partida aos 14 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Paraná alcança a 12ª posição com 31 pontos, cinco a mais que o Bragantino, o primeiro da zona de rebaixamento e nove a menos que a Ponte Preta, a última colocada do G-4. O Duque de Caxias é o décimo, com 32 pontos.

O Paraná volta a campo na sexta-feira contra o Vila Nova, no Serra Dourada, às 21 horas. O Duque de Caxias recebe o Icasa no sábado, às 16h10.

Primeiro tempo de poucos lances agudos não tem abertura de placar

A primeira etapa do jogo não teve muitos lances agudos. Aos 3 minutos, o lateral Paulo Henrique, escalado de última hora por conta de problema físico de Murilo, recebeu de Wanderson e bateu para boa defesa do goleiro Lopes. Aos 9 minutos, Anderson Aquino recebeu na frente e bateu na saída de Lopes, que deu leve desvio na bola e mandou para escanteio.

O melhor lance do Duque de Caxias no primeiro tempo foi aos 30 minutos. Carlão, ex-Coritiba, arrancou pela esquerda e bateu cruzado. Juninho bateu roupa e, no rebote, Marcelo Macedo, ex-Atlético, bateu para a recuperação de Juninho.

Em contra-ataque, Aquino resolve o jogo

Na segunda etapa, o Paraná voltou mais compacto. Numa batida de escanteio de Leandro Chaves, Kim afastou e a bola parou com Paulo Henrique. O jogador de 21 anos arrancou e lançou Anderson Aquino, que, aos 14 minutos, avançou e teve a frieza necessária para dar um toque por cima de Lopes antes de ir para a festa.

Com o placar aberto e favorável, Marcelo Oliveira manteve o time focado em buscar contra-ataques. O maior susto foi em um lance em que Leandro Teixeira, aos 35 minutos, roubou a bola e no cruzamento rasteiro o atacante Marcelo Macedo mandou por cima.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]