A União Ciclística Internacional (UCI) informou nesta terça-feira que advertiu o ciclista norte-americano Floyd Landis duas semanas antes dele denunciar um suposto acobertamento no exame antidoping realizado em Lance Armstrong durante a Volta da Suíça de 2001.

O presidente da entidade, Hein Verbruggen, enviou uma carta ao atleta avisando que poderia processá-lo por difamação caso tornasse pública a acusação. Floyd Landis alega que a UCI foi complacente com o resultado positivo feito em Lance Armstrong, campeão da etapa realizada na Suíça, em 2001.

Na mesma época em que Floyd Landis fez a denúncia, ele admitiu o uso de substâncias ilícitas durante a sua carreira. Por ter sido reprovado em um teste antidoping, o ciclista norte-americano teve o título da Volta da França de 2006 anulado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]