Quando pegar o jornal hoje para ver a escalação de Paraná x Fluminense, o torcedor paranista certamente sentirá uma pontinha de saudade. Do outro lado do duelo estará Thiago Neves, um dos principais candidatos a fechar o ano como melhor jogador do Brasileiro. E pensar que o meia de 22 anos foi revelado na Vila Capanema e deixou o clube quase pela porta dos fundos, tachado de indisciplinado... Deve bater um certo arrependimento. "Naquela época eu aprontava, chegava atrasado aos treinamentos. Dou razão ao Lori Sandri e ao Barbieri [treinadores do Tricolor na época]", argumenta o armador.

Após defender o inexpressivo Vegalta Sendai na Segunda Divisão japonesa, em 2006, Thiago Neves encontrou nas Laranjeiras tranqüilidade para trabalhar. Beneficiado pela transferência de Carlos Alberto para o Werder Bremen (Alemanha) depois do título da Copa do Brasil, em junho deste ano, o curitibano ganhou do técnico Renato Gaúcho a missão de liderar o reformulado meio-de-campo tricolor. "Devo muito ao Renato. Ele me deu total liberdade para criar, jogar solto", comenta ele, fazendo questão também de lembrar a importância da noiva Daniele, a responsável por transformá-lo num homem caseiro.

Com as noitadas de lado, o camisa 10 encontrou disposição para desequilibrar. Autor de nove gols no Nacional, o meia já sonha com a convocação para defender o Brasil na Olimpíada de Pequim, no ano que vem. Antes, porém, pretende arrematar a Bola de Ouro da Revista Placar, prêmio dado ao craque do campeonato. "Quero muito este troféu."

Legítimo curitibano "leite quente", Thiago Neves também planeja escrever um novo capítulo na sua história com a camisa do Paraná. "Nem que seja no fim da carreira, mas eu volto a jogar no Tricolor", promete.

Quem é ele?

Nome: Thiago Neves AugustoIdade: 22 anos (27/02/1985)Local de nascimento: Curitiba (PR)Altura: 1,82 mPeso: 70 kgJogos: 25Gols: 9No Paraná: revelado pelo Paraná, defendeu o clube até 2005.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]