i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Religião

Ciência e fé: conheça a associação brasileira de cientistas cristãos

  • 11/09/2020 21:33
Cena do documentário “O Diálogo Entre Fé Cristã e Ciência no Brasil”, produzido pela Associação Brasileira de Cristãos na Ciência.
Cena do documentário “O Diálogo Entre Fé Cristã e Ciência no Brasil”, produzido pela Associação Brasileira de Cristãos na Ciência.| Foto: Reprodução/YouTube

É possível ser cientista e cristão? Para os fundadores da Associação Brasileira de Cristãos na Ciência (ABC²), a resposta é “sim”. Criada em 2016, durante uma conferência nacional realizada no Instituto Mackenzie, em São Paulo, é resultado de três anos de mobilização iniciada pelo pastor Guilherme de Carvalho, da Igreja Esperança Belo Horizonte.

A organização tem como objetivo, declarado em seu site oficial, “promover a comunicação e a integração entre a comunidade cristã e o campo científico no Brasil”, atuando como “uma embaixada de sentido entre o universo da fé cristã e o universo da ciência”.

A palavra-chave para os membros da ABC2 é diálogo. O grupo se propõe a “desenvolver e promover visões cristãs bíblicas sobre a natureza, o escopo e as limitações da ciência, e sobre as interações entre ciência e fé”.

E estimula também os cientistas que são cristãos a se manter engajados em suas igrejas locais, tanto quanto no ambiente de trabalho, de forma a “responsabilizar-se pelas implicações éticas, sociais e ambientais da ciência e da tecnologia, e a comunicar o evangelho na comunidade científica”.

Essa é uma meta viável?

Roberto Covolan, físico, ex-professor da Unicamp e presidente da associação, afirma que sim: “Existe o mito, surgido em meados do século 19, de que ciência e religião estão e sempre estiveram em campos antagônicos, o que não é verdade”.

“A ciência moderna surgiu no seio de uma Europa cristã, e o cristianismo contribuiu de forma significativa para o surgimento e a permanência do empreendimento científico. Houve muitos cientistas cristãos”, complementa Covolan.

Para ele, existe uma confusão entre ateísmo metodológico e metafísico: “O ateísmo metodológico tem a ver com o fato de que, quando um cientista investiga fenômenos naturais, ele busca causas naturais. Fazer uso desse método não significa esposar o ateísmo metafísico, que á uma visão de mundo”.

“Como dizia Eugene Scott, ex-diretora do Centro Nacional de Educação Científica dos Estados Unidos”, cita o físico, “ciência não nega nem se opõe ao sobrenatural, ela apenas o ignora por razões metodológicas. Enquanto a ciência se preocupa com o processo, o significado último das coisas está na esfera teológica”.

“Preocupações pastorais”

Resultado de anos de convívio entre pesquisadores cristãos de diferentes pontos do Brasil, a ABC2 conta com apoio financeiro da Templeton World Charity Foundation, fundada na Pensilvânia, em 1987, e dedicada a estimular o contato entre ciência e religião.

A entidade realiza eventos e cursos, publica livros, originais ou traduzidos, e produz vídeos didáticos sobre temas relacionados aos pontos de encontro entre fé e ciência.

Apresentados pelo professor, filósofo e teólogo Pedro Dulci, alguns desses vídeos respondem a perguntas como: “Um cientista pode crer em milagre?”; “A Bíblia é um livro de ciência?” e “O universo precisa de Deus para ser explicado?”.

O objetivo é sempre reconhecer e respeitar as características dos dois campos, o da fé e da ciência, buscando pontos de contato entre eles.

Nas sedes regionais da associação, pesquisadores de diferentes áreas buscam pontos de intersecção entre o que a ciência alcança, possíveis interpretações teológicas para conclusões vindas do ambiente acadêmico e mesmo explicações da fé para questões não explicadas pela ciência.

Como afirmam os professores da Faculdade Unida de Vitória Abdruschin Schaeffer Rocha e Kenner Roger Cazotto Terra em artigo, a associação grupo segue “traços teológicos neo-calvinistas”, cujos associados demonstram ter “preocupações pastorais”.

“Ao enfatizar o diálogo”, dizem os pesquisadores, “a ABC2 afasta-se do paradigma do conflito, difere da proposta de relação de independência e privilegia a interação construtiva entre ciência e fé”.

Roberto Covolan lembra que as reações, tanto entre cientistas quanto entre religiosos, são de desconfiança: “Não diria que experimentamos perseguição ou preconceito, mas existe um pouco de incompreensão. Por outro lado, temos percebido uma acolhida cada vez maior”.

Confronto na biologia

O convívio entre religião e produção científica é mais fluido em algumas áreas do conhecimento do que em outras. Entre os cerca de 550 membros da associação, 40% são da área de humanas, 37% de exatas e 20% de biológicas – os demais 3% são simpatizantes do grupo, sem área de atuação acadêmica definida.

“O que eu diria por experiência é que é mais comum vermos cristãos em áreas de ciências mais aplicadas (engenharias, computação, etc.) do que nas ciências básicas, e dessas, a biologia é a que sem dúvida tem menos cristãos”, afirma Tiago Garros, biólogo e doutor em teologia.

“Quando me tornei professor, os alunos achavam mais estranho ainda saber que o professor de Biologia que lhes ensinava sobre Darwin frequentava igreja dominicalmente”, acrescenta ele.

“A maior linha de confronto entre ciência e fé é na área de biologia”, explica Wesley Silva, professor do Instituto de Biologia da Unicamp, no documentário de quase 30 minutos de duração O Diálogo Entre Fé Cristã e Ciência no Brasil, produzido pela ABC² e lançado em 2017.

“Para eu ser um bom engenheiro cristão, eu tenho que entender como as duas coisas andam juntas e se comunicam”, afirma, no vídeo, Gustavo Assi, professor de engenharia naval da USP e secretário executivo da ABC². “Existem lugares no mundo onde conversar sobre princípios de fé na academia é natural. E conversar sobre ciência na igreja também é natural”.

No vídeo, Leo Iwai, químico e pesquisador do Instituto Butantan, lembra que, no Brasil, essa busca por diálogo ainda é difícil. “Quando eu falo que sou um cristão e sou um cientista as pessoas me olham com um certo espanto”.

Cientistas teístas

Iniciativas como a da ABC² são pouco comuns no Brasil. O biólogo Tiago Garros é fundador do TheoLab, uma organização de Gramado (RS) que tem entre seus objetivos “capacitar e encorajar jovens cristãos que adentram o mundo universitário e acadêmico e muitas vezes se sentem atacados por causa de sua fé”.

Anualmente, a entidade realiza acampamentos de ciência e fé – o mais recente, realizado no início de março, reuniu 150 pessoas.

“O Theolab surgiu oficialmente em 2019, fruto de uma necessidade que é perceptível para qualquer pessoa que tem vivência em igrejas evangélicas: a complexa e por vezes nada amigável relação que os evangélicos têm com a ciência”, explica Tiago Garros.

Garros aponta que “o projeto almeja oportunizar eventos e ambientes onde essa relação possa ser discutida de forma aberta e sincera pelos cristãos evangélicos, privilegiando o ensino de forma a mostrar que essa desconfiança e suposta inimizade entre fé e ciência não se justifica”.

“Historicamente, se você é um cientista ateu, sua chance de ganhar um prêmio Nobel é muito, muitíssimo menor. Olhando para os 100 primeiros anos do Prêmio Nobel, vemos que 65% dos vencedores eram cristãos. Somados aos judeus e a alguns poucos muçulmanos, temos que 87% eram teístas e apenas 10.5% agnósticos ou ateus”, lembra ele.

Segundo Garros, a tendência continua: “muitos cientistas de ponta são cristãos declarados, como Francis Collins, diretor geral do projeto Genoma Humano, atual diretor da NIH (maior entidade de pesquisa médica do mundo), que está na linha de frente das pesquisas de vacina contra Covid-19 e é cristão evangélico”.

Diferentemente de Roberto Covolan, Tiago Garros afirma ter identificado casos de perseguição: “Conheço relatos de perseguição mais institucional no âmbito de eventos de diálogo sobre as relações entre a religião e as ciências que eram pra acontecer em universidades públicas. Grupos ateus organizados conseguiram fazer com que fossem cancelados”.

“Parece que estudar ou simplesmente falar de religião já é visto como ‘ferir o estado laico’, o que é uma tremenda ironia quando se pensa no caldeirão religioso que é o Brasil”, conclui Garros.

Correção

Diferentemente do que foi informado na reportagem, Roberto Covolan é físico, ex-professor da Unicamp e presidente da associação, e não químico do Instituto Butantã. O texto foi corrigido

Corrigido em 14/09/2020 às 18:13
16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 16 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luciano Borges de Santana

    ± 0 minutos

    A discussão trazida pelo articulista encerra muitos problemas que transitam não apenas nas relações entre fé e religião, mas entre as próprias vertentes internas que se consideram "cristãs". De uma perspectiva rigorosamente teológica, a maior parte dos primitivos cristãos acreditavam na inspiração plenária das Escrituras, na divindade de Jesus, na presença real do Espírito Santo no interior do homem regenerado, em uma metafísica da natureza exposta através do criacionismo bíblico e no retorno literal de Jesus Cristo para julgar os vivos e os mortos. Todavia, alguns desses princípios sequer são compartilhados por muitas pessoas que se dizem cristãs na atualidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      Josmar José dos Santos Júnior

      ± 4 horas

      Falso antagonismo...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • C

        Célio Oppezzo

        15/11/2020 22:33:56

        Unir ciência e religião é fomentar o design inteligente ou outra ação criacionista. Produzir milagres gera ou consome energia, que deve ir ou vir de algum processo. Dizer que 87% dos ganhadores do Prêmio Nobel eram teístas, é falsear a verdade. O fato de terem sido batizados em uma religião, não quer dizer que fossem praticantes ou tivessem essa fé. Muitas vezes é mais cômodo "seguir" uma religião, para evitar problemas ou abrir portas.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          jose rodorval ramalho

          14/09/2020 14:46:45

          A ABC2 é as maior, mais consistente e mais importante iniciativa cristã, sobretudo no Brasil, no campo cultural. Sem a "retomada" desse diálogo, o Ocidente continuará se afastando dos seus fundamentos e se destruindo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • M

            Marçal

            14/09/2020 12:45:27

            Do que já li, a maior dificuldade em alinhar ciência e religião, atualmente, é a questão do Criacionismo ou Evolução. Afinal não dá, racionalmente e cientificamente, p dizer q a terra tem poucos milhares de anos. Nos demais temas há certo encaixe.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • R

              RICK

              14/09/2020 12:18:29

              Que matéria desonesta. Cientista é humano, ele pode ter sua religião, igual oncologista fumante. Para ver como a matéria é desonesta, basta ele responder qual a ferramenta que ele utiliza para executar suas pesquisas. E sobre o prêmio Nobel, que piada, não é isso que é avaliado quando decidem o vencedor.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              1 Respostas
              • G

                Guilherme Vilela Ribeiro de Carvalho

                16/09/2020 21:36:09

                Ninguém disse que eles ganharam o Nobel por serem Cristãos. O ponto é que a alegação de que a fé é incompatível com a atividade científica não se sustenta. E esse argumento do oncologista fumante é desonesto, porque ciência e crença religiosa são similares enquanto estados mentais, e por isso poderiam ser incompatíveis. Já fumar e ser oncologista estão em planos distintos. O sujeito que fuma e é oncologista não acredita que o cigarro é bom, hehehe

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • B

              Bingo Two

              14/09/2020 12:00:11

              Ciência está sendo usada para palanque político. A igreja também é usada e se deixa usar para palanque político. Infelizmente não há uma pessoa ou instituição de corpo para colocar cada um no seu devido lugar. A política poderia usar a Ciência para se adiantar em atos que minimizassem males, como por exemplo, limpeza pública, práticas de higiene, esclarecimentos sobre práticas de saúde, fomentação de estudos, etc etc. A Ciência poderia ser muito bem usada pela política para trazer benefícios sociais amplos, mas não. A religião é usada por mercadores da fé, que usam a estrutura jurídica da igreja para lavar dinheiro do crime organizado e da milícia. A coisa é sórdida.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              1 Respostas
              • I

                IvoHM

                19/09/2020 21:27:09

                Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

            • P

              PastorRosevaldo

              14/09/2020 11:24:19

              cientistas são pessoas e obviamente podem ter influências ou tendências em sua vida, subjetiva ou eticamente (sejam metafísicas, esotéricas, religiosas, como queiram chamar). Agora, Ciência é uma coisa e Crença (religiosa, metafísica etc etc) é outra. "Unir" as duas tem sido uma campanha forte de entidades religiosas já há décadas, inclusive financiando com muito dinheiro campanhas e "divulgadores" da tese.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • R

                Rubens Farias

                14/09/2020 10:13:49

                Ciência é desconfie sempre do resultado, mesmo quando achar que já tem a solução para um problema, desconfie e revise, nunca será absoluta. Religião é acredite cegamente no que teus líderes dizem, nunca discuta,discorde deles. A " verdade" dela é absoluta. Impossível se misturarem.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  Manfred Schmid

                  14/09/2020 10:03:34

                  Ótima matéria

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • C

                    Carlos

                    14/09/2020 4:11:29

                    Excelente. Fico feliz q a gazeta traga sempre matérias relacionadas ao cristianismo, que contém a informação mais importante da história.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • J

                      Jr

                      14/09/2020 2:25:58

                      Muito bom!

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • A

                        André

                        14/09/2020 2:20:48

                        Eu acho que esses cristãos devem seguir uma linha mais espiritual, mas menos dogmática. Ciência e religião talvez não se misturem muito bem, mas ciência e espiritualidade estão mais conectados do que se imagina.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • D

                          Dmcc

                          12/09/2020 1:19:32

                          Muito legal ...

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          Fim dos comentários.