Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Se você conhece alguém que tem vinte e poucos anos ou menos, ou se você mesmo tem vinte e poucos anos, já deve ter se perguntado o que raios há de errado com os jovens. Só para citar alguns exemplos, em 2018 a psicóloga americana Jean Twenge lançou um livro com dados bastante vultosos sobre geração Z, que nasceu depois de 1995. O subtítulo fala por si só: "Por que as crianças de hoje estão crescendo menos rebeldes, mais tolerantes, menos felizes e completamente despreparadas para vida adulta". No mesmo ano, uma reportagem de capa da revista The Atlantic chamou a atenção para o fenômeno conhecido como “recessão sexual”.

Se, por um lado, os jovens estão mais acostumados a falar daquilo, na prática eles estão fazendo bem menos e essa não necessariamente é uma boa notícia. Além disso, são fartas as pesquisas que mostram que essa é a geração mais deprimida, mais ansiosa e mais solitária de que se tem notícia. O podcast Ideias recebe o psicólogo Jota Borgonhoni, co-fundador do projeto Os Náufragos, para conversar sobre o tema.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]