Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

“O futuro do mundo está nas mãos dos homens de pele amarela e marrom, agora que o nosso antigo amo, o homem branco, se perdeu completamente em meio à sodomia, ao uso dos telefones celulares e ao abuso de drogas”, escreve o protagonista Balram do livro “O Tigre Branco”, de Aravind Adiga, ao então primeiro-ministro chinês Wen Jiabao. Vencedor do Booker Man Prize de 2008, o livro foi transformado no filme homônimo que está disponível na Netflix e concorreu ao Oscar de melhor roteiro adaptado. Da pobreza absoluta à riqueza, o filme traz a trajetória de Balram rumo ao sucesso, tendo como pano de fundo uma Índia em transformação e que guarda muitas semelhanças com o Brasil, afinal é um país miserável com um grande futuro pela frente.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]