Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    JULIANO RIBAS DEA

    ± 0 minutos

    Quando conveniente, querem imitar advocacia pública. Na hora de encher o **** quando se busca autonomia , ou se meter na hora de discutir a legitimidade nas ações de improbidade, são os primeiros a se falar bobagem. Robalinho e Dodge (carinhosamente alcunhada de bruxa por Janot) se merecem. Fica o recado para ambos e para o futuro PGR. Os senhores não detém o monopólio da virtude. Nem de longe.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CARLOS FELIX

    ± 0 minutos

    O poder do poder seduz a todos os concursados. Procuradores se ancoram acima de todos e o MPF acima de tudo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Conan

    ± 1 horas

    É os batifores de quase todos os poderes; jogo de ego; puxa tapete; interesses próprios; se definham, enquanto o país afunda na criminalidade, especialmente a do coralinho branco; coisas, infelizmente, do ser humano.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.