Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Ler e Pensar
  3. A importância do ensino sobre a política na Educação Básica

pOLÍTICA

A importância do ensino sobre a política na Educação Básica

O trabalho de conscientização realizado pela professora Eliete Moreira, de Maringá, resultou uma campanha eleitoral para o diretório central dos alunos

  • Maringá
  • Instituto GRPCOM
Alunos fazem faixa para a campanha desenvolvida pela escola | Arquivo pessoal
Alunos fazem faixa para a campanha desenvolvida pela escola Arquivo pessoal
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Atualmente um tema tem sido debatido à exaustão. Seja nas rodas de conversa ou nas filas de padaria, a política é sempre um assunto recorrente. Não podia ser diferente no Colégio Estadual Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Maringá. A professora Eliete Silvana Moreira se preocupou com o entendimento do assunto por parte da sua turma do 9º ano, que tem alunos entre 14 e 15 anos, prestes a votarem pela primeira vez. 

Para começar, a professora trabalhou com a definição de política e uma explicação acerca do sistema eleitoral do nosso país. Uma matéria já antiga, veiculada na Gazeta do Povo do dia 03 de outubro de 2014, intitulada Doze frases de pensadores famosos sobre a política e o voto, foi usada para corroborar as exposições do conteúdo. A partir daí, traçou-se em sala de aula um perfil da democracia e do papel da imprensa nas campanhas eleitorais. 

A segunda parte da atividade consistiu em uma série de vídeos e documentários sobre o assunto, de pensadores brasileiros da atualidade. Os temas apresentados fizeram referência à ética, democracia e importância da política na vida dos cidadãos. Um dos documentários assistidos foi o premiado Em Busca da Verdade, que apresenta as principais investigações da Comissão Nacional e das Comissões Estaduais da Verdade sobre as graves violações de direitos humanos ocorridas na ditadura de 1964. 

Democracia na prática 

Após várias leituras, vídeos e reflexões, os estudantes criaram seus próprios partidos na escola para pleitearem os cargos do diretório central de alunos. Cada partido estabeleceu propostas e elaborou campanha eleitoral para divulgá-las, aos moldes das campanhas políticas reais. Já que o mote da prática é a democracia, a chapa mais votada pelo corpo discente foi a vencedora do processo eleitoral. 

“A mudança foi o compromisso em relação à responsabilidade de pensar em todos e para todos. Os educandos se envolveram e motivaram todo o colégio a pensar a politica como processo de metamorfose e não como algo obrigatório. É de suma importância ter a mídia como aliada nesse processo de formação”, contou Eliete orgulhosa com o resultado. 

Quer ter sua prática publicada aqui também? Entre em contato conosco pelo e-mail lerepensar@grpcom.com.br.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE