Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Ler e Pensar
  3. Gazeta do Povo e suas múltiplas plataformas em sala de aula

MULTIPLATAFORMA

Gazeta do Povo e suas múltiplas plataformas em sala de aula

Na Escola Atuação, o jornal impresso e o digital se complementam no incentivo à leitura

  • Curitiba
Trabalho em equipe proposto para a turma do 5º ano | Instituto GRPCOM
Trabalho em equipe proposto para a turma do 5º ano Instituto GRPCOM
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O incentivo à leitura em diversas plataformas é um dos objetivos do projeto Ler e Pensar que, em parceria com a Gazeta do Povo, leva o jornal para dentro da sala de aula. Para verificar esse caráter multiplataforma, a equipe do projeto esteve na Escola Atuação, acompanhando o trabalho da professora Ediane Carvalho, regente do 5º ano, em uma aula de produção de texto que contou com o uso do jornal semanal da Gazeta, publicada todos os sábados. 

O modo como o jornal é inserido no cotidiano escolar do colégio nos chamou a atenção pelo planejamento feito antes das aulas. “Estamos ainda nos adaptando à nova lógica digital e periodicidade da Gazeta do Povo, mas os alunos amaram o formato novo da edição impressa. Todo mês os professores se reúnem e buscam notícias para trabalhar diversas disciplinas. Além disso, toda semana fazemos uma busca com os estudantes denominada Caça Notícias, em que eles mesmos indicam as reportagens mais interessantes para serem socializadas com os pais e com o restante da comunidade escolar”, contou Ediane. 

Ao adentrar a sala de aula, os alunos estavam dispostos em cinco grupos se preparando para a atividade O Jornal dos Sonhos, na qual teriam de ler algumas notícias infortunas da edição semanal, selecioná-las e reescrever a manchete de modo a passar uma mensagem positiva. Nesta primeira atividade, o objetivo era fazer a capa do jornal. As reportagens seriam produzidas no decorrer do bimestre. 

Satisfação dos professores e dos estudantes 

Os estudantes estavam muito engajados na produção do periódico e era evidente a importância do trabalho em grupo. O modo como as crianças resolviam conflitos dentro de cada equipe e, ao mesmo tempo se ajudavam na tentativa de criar manchetes impactantes foi surpreendente. “Lendo a Gazeta a gente descobre coisas que acontecem do outro lado do mundo e muitas vezes não ficamos sabendo”, destacou a estudante Camila (10), pontuando como a principal relevância do trabalho. 

Para os docentes, o incentivo à leitura, escrita, cidadania e pensamento crítico são de grande importância. “A principal mudança percebida na turma diz respeito ao vocabulário e capacidade de interpretação e escrita. A linguagem de maneira geral se desenvolveu bastante desde que aderimos ao Ler e Pensar”, ressaltou a professora Ediane. 

A pluralidade de assuntos e o caráter inovador da Gazeta do Povo está na tela do computador, do celular e nas páginas da edição semanal e, aliado à metodologia da Educomunicação proposta pelo Ler e Pensar, faz do jornal multiplataforma uma ferramenta poderosa para a educação paranaense.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE