Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Ler e Pensar
  3. Movimente-se... seu corpo agradece!

saúde

Movimente-se... seu corpo agradece!

Professora de Campina Grande do Sul mobiliza escola e comunidade no combate ao sedentarismo

  • Campina Grande do Sul 
  • Instituto GPRCOM
Passeio ciclistico com alunos e comunidade celebrou com sucesso a prática da professora  |
Passeio ciclistico com alunos e comunidade celebrou com sucesso a prática da professora 
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Que manter bons hábitos alimentares e uma rotina incluindo exercícios físicos é essencial para o nosso bem-estar ninguém discute, entretanto, a pesquisa divulgada pelo Ministério dos Esportes aponta que menos de um quarto da população brasileira pratica exercícios regularmente. Ou seja, 72,9% dos homens e 81,6% das mulheres podem ser considerados sedentários.

A preocupação fica ainda maior quando percebemos que esses dados, quando relacionados à infância, não são muito diferentes. No sul do Brasil, cerca de 30% das crianças e adolescentes com idades entre 5 e 19 anos estão acima do peso. A grande maioria, devido aos hábitos sedentários. 

Para mudar esse cenário, é preciso trabalhar a importância dos exercícios, incluindo-os na rotina, ainda na infância. Pediatras defendem que o tempo de prática de atividades físicas deve ser de no mínimo 60 minutos diários, para crianças com mais de 6 anos. 

Além de ser uma importante ferramenta de combate à obesidade infantil, a prática regular de atividades físicas tem vários outros benefícios, como uma melhor qualidade de sono, maior capacidade de concentração e aprendizado na escola e um desenvolvimento melhor da coordenação motora. Através da atividade física a criança conhece melhor o seu corpo, suas limitações e suas capacidades. 

A matéria da Gazeta do Povo intitulada “Com que idade as crianças devem começar a fazer exercícios físicos?” traz essas e outras informações importantes sobre a prática de atividades na infância, respeitando os limites físicos e emocionais dos pequenos e garantindo que eles estejam sempre em movimento. 

Um “rolê” cheio de atitude 

Foi com base nessa matéria que a professora Taísa Valentin Silva, de Campina Grande do Sul, criou o projeto “Movimente-se...seu corpo agradece!”, com os alunos do 5º ano. A docente separou a turma em grupos e os estudantes leram a matéria no site da Gazeta do Povo. Então, as crianças discutiram o assunto e refletiram sobre o tema. A turminha ainda criou, com a orientação e supervisão da docente, uma página do Facebook repleta de dicas sobre saúde e exercícios. 

Para deixar a atividade ainda mais significativa e envolver as famílias e a comunidade no entrono da Escola Municipal Augusto Staben, Taísa foi além e propôs a realização de um passeio ciclístico. Antes da realização do evento, as crianças criaram flyers para divulgação e distribuíram pelo comércio da região. Buscando alcançar mais gente e garantir o sucesso do passeio, os alunos ainda gravaram um vídeo-convite, que foi postado na página do face. 

Segundo a professora, o passeio, que aconteceu no dia primeiro de julho, foi um sucesso. A comunidade participou em peso, houve sorteio de brindes e premiação para as bicicletas mais “enfeitadas”. Mas, segundo ela o mais importante foi perceber que as crianças estavam tomando gosto pela prática de atividades físicas. “Estas mudanças de atitudes acontecem de forma gradual entre as crianças, influenciando suas famílias e a comunidade em geral. Atividades assim são de grande importância para esta fase da vida, pois elas levarão este aprendizado e hábito para suas vidas adultas,” afirmou a professora.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE