i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Nomeação

Ao fechar convenção republicana, Trump reforça ataques a Biden e à esquerda radical

    • Estadão Conteúdo e Gazeta do Povo
    • 28/08/2020 08:48
    trump nomeação
    Donald Trump aceita indicação do Partido Republicano como candidato presidencial em 2020| Foto: Brendan Smialowski/AFP

    Com um discurso de mais de uma hora no gramado da Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, encerrou a convenção republicana na noite desta quinta-feira (27) com ataques renovados a Joe Biden. O republicano apresentou o adversário como uma ameaça à nação e disse que a possível eleição do democrata significará insegurança, aumento de desemprego e o fim do sonho americano.

    "Biden não é o salvador da alma americana, ele é o destruidor dos empregos americanos, com o risco de ser o destruidor da grandeza americana", disse Trump.

    O argumento central do republicano, ao falar da crise atual, é o de que ele pode colocar os EUA nos trilhos da prosperidade econômica que o país vivia antes da pandemia de Covid-19 e que a eleição do democrata significaria desemprego. "Nós vamos novamente construir a maior economia de nossa história", disse Trump.

    O presidente americano, que tem sido confrontado com o fato de os EUA terem o maior número de infectados e mortos por Covid-19 no mundo, prometeu uma vacina contra coronavírus até o final do ano "ou antes" - uma promessa que tem sido feita reiteradamente pelo presidente.

    A pandemia, que já matou 180 mil americanos, e a recessão, que elevou a taxa de desemprego de 3% para 10%, fizeram Biden despontar como favorito nas pesquisas de intenção de voto, com oito pontos porcentuais de vantagem, uma das maiores da história recente contra um presidente em primeiro mandato.

    Ao falar sobre a estratégia para vencer a pandemia, Trump acusou Biden de planejar uma "paralisação dolorosa no país inteiro" o que, segundo ele, irá custar perda devastadora de empregos. "O plano do Joe Biden não é uma solução para o vírus, é uma rendição para o vírus", disse Trump.

    Durante uma hora e dez minutos, Trump falou ao menos 39 vezes o nome de Joe Biden, vinculando o nome do democrata a uma agenda de esquerda radical. "Em nenhum momento os eleitores enfrentaram uma escolha tão clara entre dois partidos, duas visões, duas filosofias ou duas agendas. Essa eleição vai decidir se salvamos o sonho americano ou se deixamos uma agenda socialista demolir nosso querido destino", disse Trump.

    A fórmula da campanha de Trump, apresentada nas quatro noites de convenção, é a mesma adotada em 2016: a do ataque e acusação de que a oposição representa uma agenda de esquerda radical. Há quatro anos, a retórica surtiu efeito contra Hillary Clinton. A principal diferença é que Trump, em 2020, é o presidente incumbente, que terá seu mandato avaliado no curso de uma pandemia e de uma crise econômica.

    "Os EUA não são uma terra envolta em trevas. Os EUA são uma tocha que ilumina o mundo inteiro", disse Trump, ao rebater Biden. Na semana passada, ao aceitar a nomeação, o candidato democrata prometeu ser um "aliado da luz" para tirar o país de uma "época de escuridão". Biden não mencionou o nome de Trump nenhuma vez durante o discurso de aceitação da candidatura.

    O discurso do presidente foi feito no gramado da Casa Branca, em um evento para cerca de 1,5 mil pessoas. A mistura entre governo e campanha política foi recorrente na convenção republicana, com uso da residência oficial do presidente em três dos quatro dias do evento de campanha.

    Manifestantes protestaram contra Trump nos arredores da Casa Branca. Centenas deles, com mensagens contra o racismo, exigiam a renúncia do presidente. Na saída da convenção, o senador republicano Rand Paul teve que ser escoltado pela polícia local depois que vários manifestantes cercaram ele e a mulher, gritando palavras de ordem e zombando o senador.

    5 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 5 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

    • T

      tamotsu kashino

      ± 3 horas

      As imprensas brasileiras não falam, mas situação do Trump hoje é muito melhor quando enfrentou Hilary Clinton, as pandemias estão mostrando sua redução, economia estão recuperando rapidamente,desemprego caindo, outra questão é guerra comercial com china comunista, hoje 70% dos americanos inclindo democratas estão apoiando agressividade do Trump contra China, com tudo isso Trump é invencivel.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        Julio Weiler

        ± 7 horas

        Eu não gosto do Trump. Até pq ele já demonstrou que não está nem aí para o Brasil, se precisar nos ferrar ele ferra. Mas o partido democrata está caminhando para um lado perigoso. Esta chancelando e dando A radicais. Quero ver se ganharem, o que vão fazer com esse pessoal. Pq o americano, independente de cor ou renda fica indignado sim e na sua maioria querem um país mais tolerante. Porém esses manifestos violentos que muitas vezes são de aproveitadores, não representam a população. Acho que a questão de diminuir verba e o número de policiais é um tiro no pé dos democratas e irão perder muitos votos dos próprios democratas por causa disso.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • V

          Victor H

          ± 7 horas

          Go Trump!!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • A

            AMAURI

            ± 7 horas

            O trumpALHÃO e Bozo, não por acaso, os piores números da pandemia.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Myrian Maia Mourão de Brito

              ± 7 horas

              Esse texto é do Estadão neh? Deu para perceber claramente o viés.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.