Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Onda de violência: na véspera, ataque a uma mesquita xiita na cidade de Mazar-i Sharif deixou pelo menos 12 mortos e 35 feridos
Onda de violência: na véspera, ataque a uma mesquita xiita na cidade de Mazar-i Sharif deixou pelo menos 12 mortos e 35 feridos| Foto: EFE/EPA/STR

Um novo atentado contra uma mesquita no norte do Afeganistão deixou nesta sexta-feira (22) pelo menos 33 mortos e dezenas de feridos, de acordo com o porta-voz da polícia do distrito de Imam Sahib, Obaidullah Abedi.

A explosão ocorreu no distrito de Imam Sahib, localizado na província de Kunduz, após as orações de sexta-feira. “Essas pessoas não são xiitas e estavam fazendo atividades religiosas após as orações de sexta-feira”, disse o porta-voz, após esta semana a minoria xiita ter sido vítima de vários ataques no país, como o ocorrido na quinta-feira (21) a uma mesquita.

Esse ataque a uma mesquita xiita lotada de fiéis na cidade de Mazar-i Sharif, no norte, deixou pelo menos 12 mortos e 35 feridos e foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que considera essa minoria como sendo apóstata.

Somam-se a esses ataques os que aconteceram na terça-feira (19) em dois centros educacionais no bairro de minoria xiita hazara de Dashte Barchi, no oeste de Cabul, causando pelo menos seis mortes e 25 feridos, segundo dados oficiais.

Os ativistas sugerem que o número de vítimas desses ataques pode ser muito maior, mas acreditam que as autoridades talibãs estão tentando diminuir o número para dar uma sensação de segurança no país.

Além disso, houve várias explosões menores nos últimos dias em diferentes partes do país, como outra detonação nesta sexta-feira s em um bairro de Cabul que inicialmente não resultou em vítimas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]