Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Ditadura castrista descartou que explosão em hotel de luxo tenha sido um atentado
Ditadura castrista descartou que explosão em hotel de luxo tenha sido um atentado| Foto: EFE/Ernesto Mastrascusa

O número de mortes ocorridas na explosão no hotel Saratoga, localizado em Havana, capital de Cuba, subiu para 32 e o de feridos para 80, segundo informaram neste sábado (7) veículos locais de imprensa.

A agência estatal de notícias "Prensa Latina" indicou que, segundo a chefe da Frente de Reestabelecimento de Contatos Familiares da Cruz Vermelha, Gloria Bonnin, ainda há 19 pessoas desaparecidas, de acordo com lista elaborada pelo órgão.

As autoridades de Cuba não divulgaram informações sobre as vítimas. O Ministério de Relações Exteriores da Espanha, por sua vez, informou que uma cidadã do país está entre as pessoas mortas.

O ditador cubano, Miguel Díaz-Canel, que visitou o local da explosão, destacou que se tratou de um “infeliz acidente” e descartou totalmente que tenha sido uma “bomba” ou um “ataque”.

A explosão ocorreu minutos antes das 11 horas (horário local, meio-dia em Brasília), quando um caminhão-tanque de gás liquefeito abastecia um tanque do hotel. A tese mais provável é que a tragédia foi causada por um vazamento.

A explosão fez com que uma parte do prédio - de sete andares - desabasse e a fachada dos três primeiros andares se desprendesse, causando uma chuva de toneladas de entulho na calçada. O caminhão-tanque ficou parcialmente soterrado.

A explosão gerou ainda uma grande coluna de fumaça branca, que era visível em grande parte da capital.

Bombeiros, policiais e equipes de emergência correram rapidamente para o local, levando os feridos para vários hospitais próximos. Uma escola vizinha chegou a ser evacuada.

Um grupo de especialistas começou então a limpar a área em busca de possíveis vítimas presas no prédio, em tarefas que duraram até a noite.

Ao mesmo tempo, e em meio a grandes medidas de precaução, o caminhão-tanque danificado, que ainda tinha gás liquefeito altamente inflamável em seu interior, foi içado com um guindaste e depositado em um caminhão de grande porte para sua transferência.

Nos próximos dias, será feita uma vistoria técnica no edifício para decidir se pode ser recuperado ou se os danos estruturais justificam sua demolição.

O Saratoga está alojado em um edifício de estilo neoclássico construído em 1880 e que funciona como hotel desde 1933. Sua última restauração ocorreu em 2005, segundo a mídia oficial cubana.

Com cinco estrelas, o hotel é considerado um dos mais luxuosos da cidade. O estabelecimento está localizado no Paseo del Prado, uma das principais avenidas de Havana Vieja, no centro histórico da capital cubana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]