i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
sem solução

Celular de promotor argentino morto teve conteúdo apagado, diz advogado

A investigação oficial ainda não deu seu parecer sobre se Alberto Nisman foi assassinado ou cometeu suicídio

    • BUENOS AIRES
    • Folhapress
    • 19/08/2015 21:37

    Sete meses após a morte do promotor argentino Alberto Nisman, que apareceu sem vida no banheiro de seu apartamento, em Buenos Aires, novas informações sobre o caso são reveladas.

    A investigação oficial ainda não deu seu parecer sobre se Nisman foi assassinado ou cometeu suicídio.

    Nesta quarta (19), a defesa das filhas do promotor informou que chamadas e mensagens de texto foram apagadas do telefone celular de Nisman um dia antes de ele ser encontrado sem vida, em 18 de janeiro.

    “No sábado, 17, Nisman fez pelo menos várias chamadas e elas não aparecem no telefone”, disse o advogado Romero Victorica, em entrevista à rádio Mitre.

    “Para apagar as chamadas que não existem, as mensagens de texto que desapareceram, estamos convencidos de que foi instalado algum programa no telefone, para extrair os arquivos. Ou se baixou um aplicativo que permita uma eliminação segura [dos registros], e depois se apagou também esse aplicativo”.

    A promotoria ainda não divulgou oficialmente os dados da perícia nos equipamentos eletrônicos de Nisman. Mas informações vazadas pela imprensa local dão conta de que o computador de Nisman teria sido invadido após o horário provável de sua morte.

    Golpes

    Outra informação revelada pelo advogado nesta quarta (19) é que a perícia no corpo do promotor mostrou que Nisman sofreu um golpe na perna esquerda, pouco acima do tornozelo. “Como se fosse um chute para fazê-lo cair ou se ajoelhar”, disse.

    Ele também afirmou que a perícia menciona um golpe na cabeça, do lado direito.

    Embora esses novos indícios reforcem a tese de que Nisman teria sido assassinado, o advogado não defendeu essa hipótese. “Queremos que a investigação seja feita direito”, disse ele.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.