i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
tensão

Chávez aumenta pressão sobre a Globovisión na Venezuela

O maior acionista da empresa, Guillermo Zuloaga, acusa o governo venezuelano de perseguição

  • PorReuters
  • 15/06/2010 17:52

O governo da Venezuela está aumentando a pressão sobre o canal de TV Globovisión, última rede importante que mantém oposição ao governo do presidente Hugo Chávez.

Na segunda-feira, o governo interveio num banco que pertence a um diretor da emissora, Nelson Mezerhane, na mais recente de uma série de medidas contra a Globovisión.

Em fevereiro, o diretor de notícias da emissora pediu demissão em circunstâncias obscuras, dando margem a especulações sobre a pressão do governo.

Seu maior acionista, Guillermo Zuloaga, foi detido em março sob acusações como a de difamar Chávez. Na semana passada, as autoridades emitiram mandado de prisão contra Zuloaga e invadiram sua residência em Caracas.

Conhecido por seu jornalismo partidário e às vezes fora de tom, a Globovisión é uma plataforma crucial para a oposição a Chávez, que multiplicou a quantidade de jornais e TVs governistas nestes seus 11 anos de poder.

Os chavistas dizem que é importante se contrapor ao poder dos veículos privados de comunicação, em geral hostis à "revolução socialista" em curso no país.

Mario Silva, um jornalista simpático ao governo, elogiou na segunda-feira as medidas contra os diretores da Globovisión e chamou Mezerhane de "turquinho ladrão."

Vestindo jaqueta e gorro militar, semelhante aos que Chávez costuma usar, Silva disse que o logotipo da Globovisión ainda vai ganhar uma boina e a cor vermelha como homenagem a Chávez e ao socialismo.

Zuloaga havia dito antes, num telefonema não revelado à Globovisión, que era vítima de uma caça às bruxas por parte de Chávez, que estaria tentando calar o canal. O empresário acrescentou que não pretende se entregar.

O governo o acusa de manter ilegalmente 24 veículos Toyota para, segundo autoridades, manipular os preços. Ele pode ser condenado a uma pena de um a cinco anos de prisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.