O presidente venezuelano, Hugo Chávez, hospitalizado em Cuba para uma quarta operação contra o câncer, delegou uma série de tarefas econômicas ao vice-presidente Nicolás Maduro, de acordo com decreto assinado pelo mandatário.

Maduro pode, a partir de agora, repassar créditos adicionais ao orçamento nacional, expropriar bens, aprovar ou negar pedidos apresentados por outros membros do gabinete para adquirir verbas ou para fixar os orçamentos de seus escritórios, entre outras funções.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]