Uma leve camada de cinzas cobria nesta quinta-feira (27) vários povoados de Chinandega, no noroeste da Nicarágua, devido à erupção do vulcão San Cristóbal, informaram fontes oficiais, acrescentando que 1.500 camponeses se recusam a sair da região.

A expulsão de gases e cinzas "continua abundante" em direção às cidades e comunidades do oeste e sudoeste do vulcão - situado 135 km a noroeste de Manágua -, informou a diretora do Instituto Nicaraguense de Estudos Territoriais (Ineter), Martha Ruiz, em entrevista coletiva.

A funcionária destacou que "é pouco provável que ocorram grandes explosões", mas recomendou a manutenção do desvio da rotas aéreas devido à pouca visibilidade e a adoção de medidas profiláticas.

As autoridades mantinham nesta quinta-feira o alerta amarelo em torno do San Cristóbal, pedindo à população que abandone as aldeias situadas na base do vulcão.

Agentes da Defesa Civil percorreram a área alertando a população para o risco, especialmente decorrente da inalação dos gases emitidos pelo vulcão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]