i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
1º de Maio

Cuba reafirma apoio ao socialismo

Neste ano, além dos funcionários públicos, trabalhadores da iniciativa privada participaram de comemoração pelo Dia do Trabalho

  • PorReuters
  • 01/05/2012 11:17

Milhares de cubanos marcharam nesta terça-feira (1º), Dia do Trabalho, com slogans de apoio ao socialismo na ilha, no momento em que o governo implementa reformas econômicas destinadas a corrigir as falhas do sistema político instalado há meio século.

Pela primeira vez, além dos funcionários públicos, marcharam trabalhadores independentes que surgiram com a abertura da economia para atividades privadas, uma das mais de 300 reformas econômicas feitas pelo governo, que inclui também a flexibilidade de comprar e vender ativos.

Cerca de 50 mil funcionários da saúde pública abriram o desfile com bandeiras em Havana e precedidos por uma gigante tela branca na qual estava escrito em letras vermelhas "preservar e aperfeiçoar o socialismo".

O presidente Raúl Castro acompanhou o desfile de um pódio, acompanhado por altos funcionários de seu governo.

O secretário-geral da Central de Trabalhadores de Cuba, Salvador Valdés Mesa, pediu disciplina, unidade e trabalho de forma eficiente, além de combater o crime, a corrupção e a indisciplina.

Esta "deve ser a principal contribuição de cada cidadão para a revolução, cuja continuidade depende da capacidade de eliminar nossos erros", disse ele em um breve discurso.

"A unidade é a chave para preservar e fortalecer a nação e os ganhos econômicos e sociais", acrescentou.

Cuba implementa um plano de reformas econômicas em que se destaca a expansão do setor privado e a redução gradual da força de trabalho do Estado, e cujos números sobre o desempenho ainda não foram revelados.

O governo disse que espera que os cortes até 2012 atinjam cerca de 170 mil funcionários públicos, muitos dos quais deverão passar para formas "não-estatais" de produção.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.