Os venezuelanos compareceram ontem para votar em uma jornada calma, na qual serão escolhidos 337 prefeitos e cerca de 2,5 mil vereadores para os próximos quatro anos.

Oito meses depois que cerca de 16 milhões de venezuelanos, praticamente 80% do censo, participaram das eleições presidenciais, os centros eleitorais abriram de novo em um dia ensolarado que começou com atrasos na instalação de algumas mesas para o pleito.

Em abril, nas eleições vencidas por um estreita margem de diferença por Nicolás Maduro, um resultado que o líder opositor Henrique Capriles não reconhece, foi registrada uma participação de 79,68%, enquanto nas de outubro do ano passado, nas quais Hugo Chávez saiu vencedor, houve participação de 80,49% do censo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]