Explosão ocorreu na região da Times Square, em Manhattan | Reprodução Twitter
Explosão ocorreu na região da Times Square, em Manhattan| Foto: Reprodução Twitter

Uma explosão foi registrada na manhã desta segunda-feira (11) na região da Times Square, em Manhattan, informou a polícia de Nova York. O incidente deixou quatro pessoas feridas, nenhuma delas com risco de morte.  

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, afirmou há pouco que a explosão foi uma "tentativa de ataque terrorista".

Leia também: Suspeito de tentativa de ataque em NY citou decisão de Trump sobre Jerusalém

Em coletiva de imprensa, de Blasio disse que, no momento, não há ameaças à cidade de Nova York. "Esse é o lugar mais resistente no planeta. Os terroristas não vão vencer", afirmou.  

O suspeito de ter provocado a explosão é Akayed Ullah, de 27 anos. Ele foi preso e levado ao hospital Bellevue, localizado a cerca de meia hora do local do incidente. De acordo com o comissário dos bombeiros, Daniel A. Nigro, Ullah usou um dispositivo semelhante a uma bomba tubo, preso no corpo por velcro e zíper.  

Andre Rodriguez, que trabalha em um dos abrigos sociais de Nova York, disse ao jornal "The New York Times" que ouviu uma explosão pouco antes das 7h30 (10h30 em Brasília). "Eu estava passando pela catraca", afirmou. "Pareceu uma explosão e então todos começaram a correr."  

Há no local um grande número de policiais e bombeiros, incluindo uma unidade do esquadrão antibomba. A polícia pede aos usuários do transporte público nova-iorquino que evitem a região.  

O terminal de Port Authority é o maior dos EUA, com um fluxo de 65 milhões de passageiros por ano. Abaixo do terminal está localizada a estação Times Square - rua 42 do metrô.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]