Um foguete disparado em direção à cidade libanesa de Arsal, na fronteira com a Síria, matou pelo menos sete pessoas e feriu 15 nesta sexta-feira (17), disse a agência de notícias estatal do Líbano, em mais um ataque a atingir localidades na fronteira com o território sírio, devastado pela guerra. Pelo menos 20 foguetes lançados do outro lado da fronteira atingiram áreas fronteiriças do Líbano, de acordo com o Exército libanês, em mais uma consequência da guerra civil na Síria, que elevou as tensões em todo o Líbano.

O Líbano, abalado por uma guerra civil de 1975 a 1990, vem lutando para se manter fora do conflito de quase três anos na vizinha Síria, onde mais de 100.000 pessoas já foram mortas.

A Agência Nacional de Notícias afirmou que um único foguete foi responsável pelo número de mortos em Arsal, uma área simpática aos rebeldes muçulmanos sunitas que lutam para derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Uma fonte de segurança nacional libanesa disse que havia oito vítimas de dois foguetes em Arsal, mas não pôde confirmar quantos foram mortos ou feridos. Fontes de segurança na cidade disseram que sete foguetes caíram em torno de Arsal, atingindo um hospital de campanha e um campo de refugiados sírios.

A fonte de segurança disse que um avião de caça sírio estava alvejando uma cidade no lado sírio da fronteira, mas que não era a fonte de lançamento do foguete.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]