Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Um braço da rede Al-Qaeda libertou dois funcionários humanitários espanhóis que haviam sido sequestrados nove meses atrás, informou nesta segunda-feira uma fonte diplomática no Mali.

O funcionário, que falou sob condição de anonimato, afirmou que os espanhóis estão sendo levados para Ouagadougou, capital de Burkina Faso, e viajarão dali para a Espanha.

Roque Pascual, Albert Vilalta e sua colega Alicia Gámez haviam sido capturados em 29 de novembro, na Mauritânia, quando levavam suprimentos para aldeões pobres. Os três foram levados ao Mali. Alicia foi libertada em março, logo após o grupo que a sequestrou ter afirmado que ela aceitou se converter ao Islã.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]